Riedel anuncia fim da obrigação do uso de máscaras em locais abertos em MS

Secretário afirmou que ainda acha prematuro fazer a liberação para todos os locais
Reprodução

Em atualização das ações e medidas adotadas contra a Covid-19, em Mato Grosso do Sul, o presidente do Programa de Saúde e Segurança na Economia (Prosseguir), secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, anunciou a desobrigação do uso de máscaras em locais abertos no Estado.

A medida não é a mesma para locais fechados, mas a saúde discute a possibilidade mais a frente. “Já esta em discussão, ainda achamos prematuro fazer a liberação em todos os lugares, e até locais fechados. Achamos importante a recomendação do e Estado para todos os municípios em função do risco que corremos”, afirmou o secretário.

Segundo Riedel, as decisões estão atreladas ao avanço da vacinação. “A retirada da obrigação de máscaras é para lugares sem aglomeração e abertos, mas mantemos nos ambientes fechados’, ressaltou. Ao JD1 Notícias o secretário disse que não haverá uma campanha de conscientização para a população do Estado. “Vai do uso de cada um a utilização ou não em locais abertos”.

O presidente do Prosseguir também revelou que a Secretaria de Estado de Saúde (SES), também não divulgará mais o mapa com o bandeiramento do grau de risco de infecção por Covid-19 em cada município. “Continua tendo avaliação por bandeiras, só não será divulgado, será uma ferramenta de análise técnica dos municípios”.

Com mais de 94% da população de Mato Grosso do Sul vacinado com a primeira dose, Riedel afirma que a prioridade do Prosseguir será a vacinação, ocupação de leitos e medidas de combate a doença e economia. “Na nossa última reunião definimos mudanças nas estratégias de divulgação das bandeiras de grau de risco. Muito maior é a necessidade da gente acompanhar a vacinação”, concluiu Eduardo Riedel.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também