Reinaldo Azambuja X André Puccinelli

‘PORCA PIPA’ Até onde André terá gás suficiente para sustentar essa polarização contra Reinaldo? Sua postura contraria as promessas de final de governo e provoca impressões diferentes na classe política e na opinião pública politizada.

REINALDO tem o poder da caneta e sabendo usá-la é um petardo. Os interesses que envolvem a administração são incomensuráveis. A sua bandeira da renovação continua interessante, mas ele precisa se livrar desta imagem da dubiedade tucana.

O RETROVISOR mostra que ao deixarem o cargo, todos os ex-governadores de MS se recolheram na clausura natural. Mesmo quando provocados, evitavam o embate e no último caso se manifestavam através de nota oficial à imprensa. E só.

VIGOROSO Ao invés do clichê imaginário do avô dedicado dos netos, André vende a imagem da incrível disposição em contraditar o atual governo e não perder a liderança política. Mas só o tempodirá se isso resultará em dividendos ou perdas eleitorais.

A SOMBRA Como Reinaldo reagirá com essa situação? Sentir-se-á incomodado? Irá polemizar com o antecessor continuamente? E terá que conviver com isso sem criar atritos com a bancada do PMDB na Assembleia e com a presidência da casa.

ESTRATÉGIAS A curto prazo André colhe os dividendos de ganhar os holofotes como opositor, excluindo o PT inclusive. O anúncio de liberação de recursos que fez aos deputados na Assembleia objetivou mostrar seu prestígio em Brasília.

‘BATEU LEVOU!’ O estilo de André não muda apesar dos sinais de fadiga de seu partido, do qual se posta como a locomotiva. Para alguns, Reinaldo deveria se socorrer de conselheiros políticos para adotar a postura ideal que a situação merece.

MAS QUEM? Conselheiro político, sem interesses pessoais, é classe em extinção no Estado. A maioria foi pra casa ou morreu. Londres e Schimidt – por exemplo, perderam a última eleição, o espaço e aquela velha áurea de estrategistas infalíveis.

PREVISÕES Enquanto André falava à imprensa na Assembleia Legislativa alguém ironizava: “o italiano é imprevisível, obstinado pelo poder é capaz de tudo, inclusive de comparecer e roubar a cena na festa de inauguração do Aquário do Pantanal.”

SENADO Reinaldo tem a leitura do quadro atual e mapeia as alternativas para as composições da sucessão da capital – principalmente. Quer e precisa somar, mas sem perder de vista seu projeto pessoal de disputar o Senado em 2018. Certo?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também