TEA: Neno Razuk reforça uso do questionário M-chat para identificar sinais de autismo em bebês

Reprodução

Dando continuidade ao “Abril Azul”, mês escolhido para ações de conscientização sobre o autismo, o deputado Neno Razuk (PTB) reforçou a importância da Lei de sua autoria que incentiva a aplicação do questionário M-Chat (Modified Checklist for Autism in Toddlers) nas unidades de saúde do Estado. O uso das perguntas auxilia pais e médicos a identificarem os primeiros sinais de autismo em bebês de 18 a 24 meses.

 “Já ficou comprovada a importância desse questionário no amparo das crianças, dos pais e familiares. O dispositivo é usado para que, durante esse período de um ano e seis meses até os dois anos, onde o bebê começa a apresentar mudanças na rotina e pequenos sinais que podem ser identificados com TEA (Transtorno de Espectro Autista). Com as informações em mãos, assistentes sociais já encaminham essa família para um neuropediatra e assim iniciam o acompanhamento médico indicado para o diagnostico”, pontua o parlamentar.

O projeto foi apresentado em outubro de 2019 e virou Lei após ser aprovada na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul e sancionada no mesmo mês pelo Governador Reinaldo Azambuja. O questionário M-Chat é reconhecido pela Sociedade Brasileira de Pediatria e, em abril de 2017, foi recomendado como instrumento de auxílio na identificação do autismo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também