Força Nacional atuará por 180 dias contra crime organizado na fronteira de MS

Autorização foi feita por Sergio Moro na edição do Diário Oficial da União

10.07.2019

Em portaria publicada nesta terça-feira (9) no Diário Oficial da União, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro concedeu a autorização da Força Nacional para apoiar nos próximos 180 dias, os estados de Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Paraná e Rio de Janeiro para atuarem no combate contra o crime organizado.

No Estado, a preocupação está especificamente na fronteira. Embora a portaria não especifique os locais de atuação, a Força Nacional deve “atuar no combate à criminalidade organizada”, deixando claro que poderá ser nas cidades de Ponta Porã, Coronel Sapucaia, Sete Quedas que são as mais próximas da fronteira com o Paraguai.

Conforme o decreto, os policiais obedecerão um segmento feito pela própria Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça e Segurança Pública. “A operação terá o apoio logístico do órgão demandante, que deverá dispor da infraestrutura necessária à Força Nacional”, diz um dos itens.

Ainda de acordo com a portaria expedida pelo ministro, o apoio poderá ser prorrogado, caso exista a necessidade. Caso não tenha a necessidade, o reforço será retirado imediatamente após os 180 dias de atuação.

Recursos

Recursos também deverão ser enviados para Mato Grosso do Sul. A portaria mostra a divisão em percentual de cada quanto estado deverá receber do Fundo Nacional de Segurança Pública.

O estado é o segundo que receberá mais verbas, cerca de 5,24% do total que será repassado – valor não divulgado –, ficando atrás apenas de São Paulo, liderando com 6,66% da fatia da verba destinada.

Fonte: Midiamax

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(67) 99968-0055

© 2019 Diário MS News. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: