Não tem o cartão SUS? Saiba como emitir documento e se será exigido para vacinação da covid-19

Pacientes que não tiverem o cartão, podem procurar a unidade de saúde mais próxima

17.01.2021

A chegada da vacina contra o coronavírus está cada vez mais próxima e quem está na expectativa pela imunização pode começar a se preparar em Campo Grande. Um documento importante para quem precisa se vacinar é ter o cartão SUS (Sistema Único de Saúde) em mãos e dá até para baixar a versão digital. 

O Cartão SUS é importante porque permite que todo o histórico de um paciente na rede pública de saúde seja unificado. Porém, vale ressaltar que por mais que o Cartão SUS seja importante, ele não é obrigatório para a vacinação contra o coronavírus. De acordo com o plano de imunização do governo, todos serão vacinados, mesmo sem documento. 

Para receber a dose da vacina contra Covid-19, o paciente só precisa provar que faz parte do grupo prioritário corresponde à fase da imunização. Os grupos priorizados na primeira fase serão os profissionais de saúde e os idosos. 

Mas, para quem quiser garantir o Cartão SUS antes da vacinação, basta ir até a unidade de saúde mais próxima. A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) de Campo Grande explica que o morador deve ir a uma unidade de saúde com um documento com foto e o comprovante de residência. Já para quem tem o cartão, mas não está conseguindo encontrá-lo, basta ir até uma unidade de saúde com os documentos pessoais e emitir a segunda via.

“Campo Grande conta hoje com mais de um milhão de cartões SUS, ou seja, uma quantidade maior do que a população do município, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística)”, informou a Sesau.

Outra maneira de ter acesso rápido ao cartão é por meio do aplicativo MS Digital. O paciente pode efetuar o cadastro de novo usuário, acessar “Saúde”, escolher a opção “Cartão SUS Online”, inserir o CPF e salvar a informação se quiser que o aplicativo memorize a informação. Ao clicar em continuar, o cartão do usuário será gerado na tela. A opção é útil para quem perdeu o cartão ou não está com ele em mãos. Clique aqui para acessar o MS Digital. 

Vacinação em MS

Mato Grosso do Sul deve receber 1.781.246 doses da CoronaVac, a vacina para Covid-19 – doença causada pelo coronavírus, conforme projeções do Ministério da Saúde. Isso já seria o suficiente para imunizar 890.623 pessoas do grupo de risco de MS. Porém, ainda não há confirmação da quantidade que deve chegar já na primeira remessa, prevista entre os dias 20 de janeiro e 10 de fevereiro.

Por sua vez, o Ministério da Saúde afirma que podem ocorrer alterações nas quantidades, pois “o Plano de Vacinação é dinâmico. Por isso podem ocorrer ajustes necessários nas fases de distribuição das vacinas e nas indicações de público-alvo, de acordo os cenários já planejados. Considerando a indicação de uso apresentada pelo fabricante, o quantifico de doses entregues e os públicos prioritários já definidos”, informou em nota.

Tanto o Governo de Mato Grosso do Sul como prefeitura de Campo Grande haviam protocolado intenção de compra das vacinas junto ao Instituto, mas aguardavam ainda uma devolutiva do laboratório. Com o contrato assinado com o governo federal, a venda não será possível.

Fonte: Midiamax

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(67) 99968-0055

© 2019 Diário MS News. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: