Pedrossian Neto diz que R$ 16 mi do pré-sal é "surpresa positiva"

Autor: Vitória Ribeiro

10.09.2019

É provável que ainda no ano de 2019, Campo Grande receba R$ 16 milhões advindos dos recursos arrecadados nos leilões do pré-sal. O Senado aprovou, na semana passada, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que permite à União compartilhar os recursos com estados e municípios.  Mato Grosso do Sul deverá receber R$ 185,5 milhões. 

“Não é um dinheiro que nós vamos ter a mais, e que vai sobrar. É para pagar contas em atraso, esse dinheiro vai para o caixa único”, explicou Pedrossian Neto, secretário Municipal de Finanças e Planejamento.  

Ainda conforme o secretário em entrevista para o JD1, “eu acho que é um valor considerável, um dinheiro que não estava no orçamento, é uma surpresa positiva. Qualquer recurso que vier hoje para Campo Grande é muito bem-vindo, sobretudo diante do momento em que nós estamos vivendo de crise e de acerto econômico e financeiro. É muito positivo salutar”. 

Além dos R$ 185,5 milhões que serão destinados a Mato Grosso do Sul, os municípios do estado serão contemplados com R$ 160 milhões que serão divididos entre as cidades, de acordo com Rieffe Julianelli, que é secretário-adjunto da Secretaria de Fazenda (Sefaz).

Fonte: JD1 Noticias

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(67) 99968-0055

© 2019 Diário MS News. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: