Três brasileiros são mortos tiros na fronteira

Autor: Por THIAGO GOMES

12.10.2018

Três brasileiros foram executados na madrugada de hoje, na Colônia Cristino Potrero, em Capitán Bado, cidade paraguaia próxima a Coronel Sapucaia. Dois deles foram identificados como Carlos Augusto Lopes Soares, 29, e Júlio César Ovelar. O terceiro ainda não foi reconhecido.

Duas das vítimas foram mortas no quintal de casa e a outra, no portão. Todas estavam crivadas por bala de tiros de pistola e de escopeta calibre 12. Para a polícia, os indícios são de acerto de contas.

De acordo com as informações, durante a madrugada, vizinhos de uma das vítimas teriam ouvido tiros e, na 
sequência, viram uma caminhonete com alguns homens fugindo do local. O veículo foi encontrado incendiado a alguns quilômetros da área onde ocorreram os assassinatos.

Júlio César, também conhecido como “Jhony Cabeludo”, foi identificado pela mulher, a brasileira Fabiana Grechi. Ela compareceu à Comisaría da Polícia Nacional em Capitán Bado para a identificação.

Ao levantar a hipótese de acerto de contas como motivação para as execuções, a Polícia Nacional informou que o local onde os brasileiros foram executados é uma conhecida região dominada por traficantes de maconha, inclusive, com, plantações do produto. Felipe Barão Escurra é apontado por policiais como um deles, fornecendo droga para o Brasil. 

Fonte: Correio do Estado

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(67) 99968-0055

© 2019 Diário MS News. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: