Repressão qualificada reduz em 14% número de homicídios no MS

10.09.2020

Dados do Atlas da Violência 2020, elaborado pelo Ipea (Instituto Brasileiro de Pesquisa Econômica Aplicada) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, revelam que os homicídios caíram 14,3% em Mato Grosso do Sul de 2017 para 2018.

Com isso, o Estado aparece no Atlas de 2020 como a sexta melhor taxa de mortes violentas, ficando atrás somente do Piauí (19,0), Distrito Federal (17,8), Minas Gerais (16,0), Santa Catarina (11,9) e São Paulo (8,2). Para o governador Reinaldo Azambuja esse índice é resultado do incremento em pessoal e investimentos em estruturas e na capacitação dos policiais que estão na ponta.

O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, reforça que os bons índices são devido às políticas públicas e a repressão qualificada.

O levantamento mostra também que entre 2008 e 2018, Mato Grosso do Sul apresentou uma redução de 38% nos homicídios por armas de fogo. E que dos estados brasileiros, Mato Grosso do Sul é o que mais esclarece homicídios, com índice superior a 60% dos casos, enquanto a média nacional não ultrapassa a casa dos 10%.

Fonte: Portal do MS

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(67) 99968-0055

© 2019 Diário MS News. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: