Polícia escocesa paga por pistas e faz caça a “irmãos Pablo Escobar”

Há uma recompensa de 10 mil libras, aproximadamente R$ 67 mil, para quem souber informações sobre o paradeiro de Barry e James Gillespie

31.07.2020

A polícia escocesa está à procura, no Brasil, de dois irmãos que estão no topo da lista de criminosos mais procurados do país. Segundo informações do Uol, eles estariam escondidos em fortaleza e comandariam um esquema internacional de tráfico de drogas para a Europa.

Há uma recompensa de 10 mil libras, aproximadamente R$ 67 mil, para quem souber informações sobre o paradeiro de Barry, 43 anos, e James Gillespie, 47, considerados pela polícia como “irmãos Pablo Escobar“.

Eles também são acusados de crimes como sequestro e tentativa de assassinato, ocorridos em 2015. “Ambos são considerados muito perigosos. Eles são procurados por graves crimes organizados, como porte de arma de fogo, sequestro e exportação de drogas da América do Sul para a Europa e Reino Unido”, afirmou o policial Michael Lochrie.

No último dia 19, o principal aliado deles, James White, foi preso em um apartamento de luxo em Fortaleza, por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele também está é acusado de tráfico de drogas, sequestro, lavagem de dinheiro, homicídio, tráfico de armas e formação de quadrilha e outros crimes.

“Com a prisão de James em junho, e com a apreensão de informações confidenciais, estamos certos de James e Barry estavam em Fortaleza e que eles possivelmente ainda estão. James White é um amigo íntimo e confiável de James e Barry”, disse Lochrie.

Há indícios de que a dupla utilizou documentos falsos para chegaram ao Brasil, e comandam de dentro do país um esquema criminoso ligado a grupos organizados brasileiros.

Ceará

O Ceará, por conta da sua localização próxima à “rota Solimões” de abastecimento de cocaína vinda de países como Peru e Colômbia, se tornou alvo de traficantes internacionais de droga.

Fortaleza atrai líderes de facções criminosas de grupos de fora do estado, em especial o Primeiro Comando da Capital (PCC).

Fonte: Metrópoles

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(67) 99968-0055

© 2019 Diário MS News. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: