Engenheiro que estava desaparecido foi morto a facadas e carbonizado na fronteira

Corpo da vítima foi encontrado na noite desta quarta-feira

30.07.2020

O engenheiro agrônomo Ludwig Max Pockel, de 48 anos, foi encontrado morto na noite desta quarta-feira (29), ao lado da moto, na região do distrito de Nova Itamarati, em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande. A vítima estava desaparecida desde o último sábado, quando havia sido visto pelo filho pela última vez, por volta das 20 horas.

De acordo com o site Ponta Porã News, a vítima foi encontrada por populares. Ele teria sido assassinado com golpes de faca. Em seguida, teve o corpo queimado, muito provavelmente, com combustível retirado da moto. Equipes da Polícia Civil e da perícia estiveram no local e o caso está sendo investigado. Ainda não há informações sobre motivação e autoria.

Fonte: Midiamax

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(67) 99968-0055

© 2019 Diário MS News. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: