Casal é preso por matar tio e sobrinho a golpes de facão em aldeia indígena de MS

Autor: Polícia Civil/Divulgação

20.06.2019

Os indígenas Rone Marques Alves, de 32 anos, e Janaina Benites de Oliveira, de 25 anos, foram presos terça-feira (18), em Dourados, a 214 quilômetros de Campo Grande, pela morte de outros dois índios na aldeia Jaguapiru. "As investigações demonstraram que Rone e Janaína eram tidos como pessoas violentas", fala o delegado Rodolfo Daltro, do Serviço de Investigações Gerais da Polícia Civil.

Josias Machado, de 48 anos, e o sobrinho, Pedro Ávila, de 19, foram mortos a golpes de facão e facadas na madrugada do último dia 15. As vítimas passaram a noite tomando bebidas alcoólicas e quando seguiam a pé pela aldeia, passaram em frente à casa dos suspeitos e foram hostilizados por eles.

De acordo com a polícia, vítimas e suspeitos discutiram e então tio e sobrinho continuaram a caminhar. Rone, Janaína e provavelmente uma terceira pessoa foram atrás deles e os mataram com vários golpes, tendo deixado os rostos desfigurados.

Testemunhas contaram que as vítimas tinham sido vistas com o casal, que começou a ser investigado, fugiu da aldeia, mas acabou preso.

À polícia, Janaína contou que as vítimas estavam armadas com facão, no entanto foi constatado que nem ela e nem Rone tinham ferimentos. Rone confessa que perseguiu tio e sobrinho, mas diz que somente a companheira e a terceira pessoa estavam com armas, as quais foram apreendidas.

Fonte: G1/MS

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(67) 99968-0055

© 2019 Diário MS News. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: