Pais que ajudam filhos com aulas on-line estão bebendo mais, diz pesquisa

O estudo mostrou que auxiliar as crianças em atividades escolares on-line aumenta a vontade de consumir álcool

01.08.2020

Oestresse de pais que ajudam os filhos com as aulas on-line influencia no consumo de bebidas alcoólicas, segundo estudo realizado nos Estados Unidos. Esses responsáveis têm a tendência de ingerir sete bebidas a mais por mês do que os demais, além de ter duas vezes mais chances de iniciar “bebedeiras”, mesmo sem motivo aparente.

A justificativa do aumento se dá pelo acúmulo de tarefas, tendo em vista que as bebidas são encaradas como alívio à nova rotina causada pela pandemia do novo coronavírus.

A pesquisa apurou que a quantidade de consumo de álcool varia de acordo com o sexo. Sendo assim, mulheres que acompanham as atividades virtuais dos filhos tendem a beber pelo menos quatro bebidas a mais do que aquelas que não fazem o mesmo. No caso dos homens, o número sobe para cinco.

O diagnóstico do consumo exacerbado de álcool durante a pandemia serve de alerta para os riscos do hábito. Segundo as autoras do estudo, as professoras Susan Sonnenschein, da Universidade de Maryland, e Elyse Grossman, da Escola de Saúde Pública Johns Hopkins Bloomberg, ambas nos Estados Unidos, “o aumento do uso de álcool também está relacionado a muitos problemas de saúde pública como violência, crime, pobreza e doenças sexualmente transmissíveis”.

“Beber álcool é especialmente perigoso durante a pandemia de Covid-19 porque a substância enfraquece seu sistema imunológico”, explicaram.

Fonte: Metrópoles

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(67) 99968-0055

© 2019 Diário MS News. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: