Pesquisa mostra que haveria segundo turno para governador em MT, se a eleição 2022 fosse hoje

Veja também os mais citados para a Assembleia Legislativa, Câmara Federal e ao Senado
(Foto: Reprodução/Instagram)

Se fossem hoje as eleições, haveria segundo turno no Estado do Mato Grosso. O atual governador Mauro Mendes, teria como adversário o Procurador Mauro, Emanuel Pinheiro ou Lúdio Cabral. Esta é a projeção desenhada no levantamento do Instituto Ranking Pesquisa, realizado agora em abril.

Com 12,30% das citações, Mauro Mendes lidera as intenções de voto na pesquisa espontânea. O segundo é o Procurador Mauro, com 7,10%. Pinheiro é o terceiro, tem 5,05%, e ficou à frente de Lúdio (4,35%), Wellington Fagundes (3,25%), Eduardo Botelho (2,15%), Jayme Campos (1,55%), Blairo Maggi (1,25%), Ygor Moura (0,90%) e Max Russi (0,85%). Outros nomes tiveram 0,75% e não sabem ou não responderam 60,50%.

Na consulta estimulada, a dianteira de Mauro Mendes é maior: ele está com 20,00% e o segundo colocado, Procurador Mauro, 12,05%, pontuação que supera as de Pinheiro (8,15%), Lúdio (6,20%) e Fagundes (5,10%). Os demais: Botelho (2,35%), Maggi (2,15%), Moura (2,00%) e Russi (1,50%). Não souberam ou não responderam 40,50%.

REJEIÇÃO – com a escala dos candidatos em quem os eleitores não votariam de jeito algum. é liderado por Pinheiro: 12,75%, seguido de perto por Russi (9,80%). Fagundes tem 7,95%, Botelho 6,35%, Mendes 5,70%, Lúdio 4,50%, Moura 3,65%, Maggi 3,40% e Procurador Mauro 1,75%, com 44,15% de eleitores que estão indecisos, votam em branco ou nulo, não responderam e não sabem.

MANDATOS LEGISLATIVOS – O Instituto Ranking Pesquisa ouviu o eleitorado sobre as intenções de voto para os cargos legislativos. Para deputado (a) estadual, oito nomes estão no degrau mais alto das preferências: Dr João (1,75%), Janaína Riva (1,60%), Lúdio Cabral (1,50%), Guilherme Maluf (1,40%), Sebastião Rezende (1,35%), Elizeu Nascimento (1,25%), Dilmar dal Bosco (1,10%) e Faissal Calil (1,00%). Os demais ficaram com citações abaixo de 1,00% e 72,95% não sabem ou não responderam.

Para deputado federal quatro nomes estão acima da barreira dos 2,00%: Nelson Barbudo (2,60%), Emanuel Pinheiro (2,35%), José Medeiros (2,20%) e Professora Rosa Neide (2,00%). No patamar entre 2,00% e 1,00% aparecem: Dr Leonardo (1,95%), Neri Geller (1,75%), Carlos Bezerra (1,50%) e Juarez Costa (1,30%). Outras 40 pessoas citadas receberam pontuações entre 0,90% e 0,005%. Não souberam ou não responderam 798,25%.

No caso da disputa pelas três vagas do Senado, a pesquisa do Instituto Ranking atestou preferência majoritária dos mato-grossenses pelo Procurador Mauro, que alcançou 6,10%, com Neri Geller (5,15%) em segundo e Wellington Fagundes (4,25%) em terceiro. Eduardo Botelho ficou com 3,35%, em quarto, 2,65% Eduardo Moura e em seguida Max Russi 1,50%, Coronel Fernanda 1,25%, Nílson Leitão 1,10%, enquanto outros nomes citados somam 1,00% e 73,65% não sabem ou não responderam.

O Instituto Ranking Pesquisa entrevistou duas mil pessoas com idades a partir dos 16 anos entre os dias 22 e 27 de abril, em 34 municípios. O intervalo de confiança é de 95%, com margem de erro em 2,50% para mais ou para menos. Pesquisa quantitativa por amostragem e aplicação de questionário estruturado por meio de entrevistas por telefone – CATI (Computer Assisted Telephone Interviewing).

INSTITUTO RANKING PESQUISA

Whatsapp (67) 99968-0055 – (67) 3204-0230

https://www.facebook.com/rankingpesquisa
Rua San Martin, 25, Tiradentes 79041420 – Campo Grande, MS

Veja a pesquisa completa neste link:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também