Mais 112 famílias de catadores de recicláveis atingidas pela pandemia recebem cestas básicas

15.09.2020

Estão sendo entregues 112 cestas básicas para famílias de catadores de materiais recicláveis de 23 municípios que tiveram seus rendimentos reduzidos por conta das restrições ou queda do consumo em geral motivados pela pandemia da Covid-19. As cestas foram adquiridas com recursos do Governo do Estado, após pedido enviado pelo secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, à secretária da Sedhast (Secretaria de Estado dos Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho), Elisa Cléia Nobre.

O ofício foi encaminhado por Verruck à Sedhast em atendimento a pleito do Ministério Público Estadual que solicitava a aquisição das cestas com recursos do Funles (Fundo Estadual de Defesa e de Reparação de Interesses Difusos Lesados). O secretário da Semagro preside o Funles. “Decidimos pedir diretamente à Sedhast que fizesse a doação das cestas, o que seria mais rápido e prático, e fomos atendidos”, explicou Verruck.

Inicialmente foi feito um trabalho para identificar quantas famílias estavam em situação de vulnerabilidade e que não tinham recebido nenhum tipo de auxílio do poder público. Dessa forma chegou-se ao número de 112 famílias, distribuídas da seguinte maneira: 3 de Alcinópolis, 2 de Bonito, 4 de Caarapó, 1 de Bela Vista, 17 de Corumbá, 4 de Costa Rica, 5 de Coxim, 1 de Dois Irmão do Buriti, 3 de Dourados, 2 de Eldorado, 7 de Iguatemi, 2 de Jardim, 10 de Maracaju, 9 de Mundo Novo, 2 de Naviraí, 6 de Nova Alvorada, 3 de Nova Andradina, 4 de Paranaíba, 5 de Ponta Porã, 10 de Rio Brilhante, 5 de Rio Verde, 2 de Terenos e 5 de Três Lagoas.

Elas receberão três cestas básicas cada, contendo 2 pacotes de 500 gramas de macarrão, 1 pacote de 400 gramas de leite em pó integral, 2 pacotes de 5 quilos de arroz, 1 pacote de 2 quilos de açúcar, 2 pacotes de 1 quilo de feijão, 1 unidade de óleo de soja 900 ml, 1 lata de 130 gramas de sardinha. Até ontem, as equipes da Semagro encarregadas de fazer a distribuição já haviam percorrido 12 municípios.

Mais cestas

Além dessas, a Semagro já intermediou a entrega de mais 1.000 cestas básicas para famílias de catadores de materiais recicláveis doadas pelo Grupo Recicla BR que tem instalada em Mato Grosso do Sul a empresa Latasa Reciclagem, no município de Paranaíba. No total foram beneficiadas com essa remessa 497 famílias, sendo que cada uma recebeu duas cestas.

“É uma ação direta de atenção a pessoas que, em tempos de não pandemia, são molas propulsoras deste setor e merecem ser assistidos numa situação adversa como essa”, ponderou Verruck.

Fonte: Portal MS

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(67) 99968-0055

© 2019 Diário MS News. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: