Casa de carnes é autuada por indução ao erro e produtos vencidos

22.03.2019

Casa de carne localizada na Avenida Mato Grosso, que não teve o nome divulgado, foi autuada pela Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS), na manhã de hoje (22), por vender produtos com várias irregularidades, em Campo Grande.

Conforme informações do órgão fiscalizador, foram encontradas informações nas embalagens que tinham como objetivo enganar o consumidor. A estratégia utilizada pelo comércio era identificar os cortes finos, sem que existisse a certificação que dava a autenticidade à informação, conforme detectado pela equipe da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), que participou da fiscalização.

Entre as raças bovinas que supostamente estavam sendo vendidas são a Hereford, Angus, Charolesa, Simental e Wangyu, sendo que não foi encontrada na unidade qualquer documento de certificação de legitimidade, que deveria ser fornecido por associações de criadores das respectivas raças.

Havia a existência do código “RS2”, que, segundo o entendimento do casa de carnes, seria da  raça Angus, porém, na maioria das etiquetas de identificação estava constando o nome Brangus.

OUTRAS IRREGULARIDADES

Também haviam produtos que somaram aproximadamente 12 quilos de cortes diversos com prazo de validade expirada. Além disso, a identificação nas embalagens como produto a vácuo, mas na realidade não estavam embaladas a vácuo, o que contribui para a deterioração mais rápida. Neste caso, foram encontrados 14 quilos de cortes diversos.

Produtos com embalagens violadas e outros sem qualquer informação quanto à validade e procedência ou a existência de informações ilegíveis, dificultando a decisão de compra pelo consumidor, também foram constatadas Além disso, por estarem impróprios para o consumo, foram descartados produtos como cerveja, farofa pronta e sucos.

Além do Procon e da Iagro, a Delegacia do Consumidor (Decon) também participou da ação.

Fonte: Procon - MS

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(67) 99968-0055

© 2019 Diário MS News. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: