Com gols de Fernandinho, Jean e Hulk, Operário bate a SERC por 3 a 0 no Morenão

11.02.2019

O Operário venceu a SERC por 3 a 0 na tarde deste domingo (10), no estádio Pedro Pedrossian (Morenão), em Campo Grande, em jogo da sexta rodada do Campeonato Sul-Mato-Grossesense. Os gols da vitória do Galo foram marcados pelo atacante Fernadinho - no primeiro tempo, e por Jean e Pedro Hulk, na etapa complementar.

Com a vitória, o Operário chegou aos 9 pontos, e subiu para a quinta posição na tabela de classificação, já a SERC permanece com 7 pontos e ficou na sétima posição.

A equipe de Campo Grande foi a campo com uma formação alternativa e poupando vários jogadores para o jogo de quarta-feira (13), contra o Botafogo-PB, também no Morenão, pela Copa do Brasil. Para avançar na competição nacional, o time precisa de uma vitória na partida.

Neste domingo, antes do início do jogo do estadual ocorreram duas homenagens aos dez atletas da categoria de base do Flamengo que morreram em um incêndio na sexta-feira no centro de treinamentos do clube, o Ninho do Urubu, no Rio de Janeiro.

Os jogadores da SERC entraram em campo com uma camisa rubro-negra, as cores do Flamengo, e com os escudos dos dois times mesclados. Também foi feito um minuto de silêncio, mostrando que todo o futebol sul-mato-grossense se solidarizou com a tragédia.

Quando a bola rolou, o Operário mesmo com um time misto procurou propor a partida. Enquanto que a SERC se fechou para tentar explorar os contra-ataques.

O primeiro lance perigoso do jogo aconteceu logo aos 3 minutos e foi do Galo. O meia Alberto fez grande passe para Fernandinho, que livre na ponta-direita avançou e viu o goleiro Renan adiantado. Tentou encobri-lo, mas errou o alvo.

Aos 8 minutos quase gol contra da SERC. O goleiro Renan estava adiantado e o zagueiro Ramon não viu. Ele tentou recuar a bola de cabeça para o arqueiro e ela foi indo em direção ao gol. Não entrou porque o goleiro, correndo, seguiu segurá-la.


O Operário fez aos 20 minutos outra boa jogada. O atacante Fernandinho driblou dois adversários e chutou próximo a grande área. O goleiro Renan, bem colocado fez fácil defesa.

A SERC, então, subiu a marcação. O time de Chapadão do Sul, entretanto, desperdiçou muitos contra-ataques por erros no lançamento para os atacantes, que acabavam entrando em impedimento.

Aos 27 minutos saiu o gol do Operário. Emerson Santos fez grande jogada na ponta-esquerda, ganhou do zagueiro e de pé direito deu um leve toque para Fernandinho, que na posição de um centroavante, no meio da área, antecipou o zagueiro e de cabeça marcou o gol. Foi seu terceiro na competição.

Em desvantagem no placar, a SERC tentou levar mais perigo ao Operário. Aos 34 Maílson recebeu a bola, limpou na frente da grande área do Galo e chutou forte para o goleiro Jota fazer a defesa em dois tempos.

Aos 39 novamente lance de perigo para o Operário. Jones roubou a bola da defesa da SERC e tocou para Fernandinho, que na ponta-direita chutou forte, mas para fora do gol. A SERC respondeu na sequência com lance de perigo em sua ponta-esquerda.

O segundo tempo começou com uma mudança no Operário. Wangler saiu e no seu lugar entrou Jean. O Galo entrou com a postura de tentar ampliar o marcador.

Logo aos 4 minutos, uma bola mal cortada pela zaga da SERC sobrou para o atacante Jones do Operári. Ele chutou forte para boa defesa do goleiro Renan. A falha no lance motivou, inclusive, uma discussão entre o zagueiro Ramon e o goleiro Renan do time de Chapadão. Os dois chegam a ser advertidos pelo árbitro.

Três minutos depois outro lance de perigo para a equipe de Campo Grande. O atacante Emerson Santos ganhou de dois zagueiros e chutou para o goleiro Renan fazer a defesa com os pés.

Aos 9 o Operário ampliou. Emerson Santos fez grande jogada na ponta-esquerda e cruzou a bola na diagonal. Sozinho, sem marcação, Jean que entrou no segundo tempo, chutou de frente para o gol para fazer o segundo.

O técnico da SERC então faz duas substituições. Tirou Tardelli e Luís e colocou Tiago e Pablo.

Aos 20 o Operário teve uma grande chance para o terceiro. Jean cobrou falta na meia-direita da SERC e na pequena área o zagueiro Augusto cabeceou para uma grande defesa do goleiro Renan.

O Galo passou a controlar totalmente o jogo. Aos 24 minutos, uma outra substituição no time da capital. Saiu Natan e entrou o atacante Pedro Hulk.

Aos 26 ocorreu a última alteração no time da SERC. Entrou o atacante Canigia no lugar do meia Willian. Com as mudanças a equipe de Chapadão passou a ficar mais com a bola e a levar mais perigo ao gol do Galo.

A SERC perdeu uma grande chance de descontar aos 34 minutos. Pablo fez uma grande jogada pela ponta-direita. Ganhou do zagueiro Augusto e tocou por cima do goleiro Jota. A bola, entretanto, foi para fora do gol.

A SERC teve outra boa chance aos 39 minutos. Em cobrança de falta, Maílson cabeceou forte para o gol do Operário. O goleiro Jota defendeu e a bola sobrou para a entrada da área, onde Kanu chutou forte e acertou a trave do Galo.

No encerramento do jogo, aos 43, Jean ganhou na corrida da defesa da SERC e sofreu falta. Na cobrança, colocou na grande área e o zagueiro Augusto cabeceou para outra defesa do goleiro Renan.

O terceiro gol do Operário, no entanto, saiu nos acréscimos, aos 47. Pedro Hulk recebeu na meia-direita e avançou. Ele viu o goleiro Renan adiantado e chutou colocado, para fazer um bonito gol.

O próximo compromisso do Operário é na quarta-feira (13), às 20h30, também no Morenão, contra o Botafogo (PB), pela Copa do Brasil. Pelo estadual volta a campo no domingo (17), jogando às 16h, no estádio das Moreninhas, em Campo Grande, com o Novo.

Já a SERC recebe também no domingo (17), o Urso, às 15h, em Chapadão do Sul.

Confira todos os resultados da sexta rodada do estadual:

Sábado

Comercial 1 x 0 Águia Negra
Aquidauanense 5 x 1 Novo
Domingo

União ABC 0 x 0 Corumbaense
Urso 0 x 1 Sete de Dourados
Operário 3 x 0 SERC
Costa Rica 1 x 1 Operário de Dourados

Fonte: G1/MS

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(67) 99968-0055

© 2019 Diário MS News. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: