Em Brasília, governador pede celeridade na liberação da licença ambiental da Nova Ferroeste

Edson Leal

Os governadores do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, e do Paraná, Ratinho Junior, entregaram nesta quarta-feira, dia 24, no Ibama em Brasília, o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e também do Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) no Ibama.

Com os documentos em mãos o órgão ambiental pode liberar uma licença prévia, antes do leilão, o que segundo Reinaldo Azambuja, trará mais segurança jurídica, atraindo mais investidores.

O secretário Jaime Verruck, da Semagro também participou da reunião, e contou que os governadores pediram celeridade na liberação dessa licença ambiental.

Verruck destacou que a nova ferrovia, que aqui no Estado, se conecta com a Malha Oeste (de Mairinque-SP a Corumbá-MS), trará uma rede integrada de ferrovia em Mato Grosso do Sul.

A Nova Ferroeste será um investimento privado, com extensão total de 1.304 quilômetros, ligando a cidade paranaense de Cascavel a Maracaju. Os trilhos da nova malha ferroviária vão entrar em Mato Grosso do Sul pelo município de Mundo Novo e seguirão pelo Estado passando por Eldorado, Iguatemi, Amambai, Caarapó, Dourados e Itaporã, até chegarem a Maracaju.

Katiuscia Fernandes

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também