"Aliança eu só faço com Deus", diz prefeito sobre eleições 2020

Autor: EDUARDO PENEDO

13.08.2019

O prefeito de Campo Grande Marcos Trad (PSD) está muito confiante de que sua gestão é o maior cabo eleitoral para sua reeleição e afirma que não está preocupado com apoio, pouco menos com alianças políticas.  “Estou trabalhando só. Aliança eu só faço com Deus, não faço com homens", explicou o prefeito. 

Teoricamente, Marcos Trad conta com a palavra do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) em lhe dar apoio na sua reeleição como o prefeito fez com Reinaldo na reeleição do tucano nas eleições passada, no entanto, esse apoio não tem apoio total do ninho tucano. Alas do PSDB não concordam com esse acordo já que a sigla tem a maior bancada na Câmara de vereadores, seis, tem o comando do estado e três representantes da Câmara Federal.  

O presidente do ninho tucano de Campo Grande, vereador João César Matogrosso já disse vai esperar até abril para fazer pesquisas quantitativas e qualitativas da gestão de Trad e, dependendo do resultado, pode ser que o partido tenha candidatura própria. Os nomes a disposição da sigla para a disputa da prefeitura de Campo Grande são, por enquanto, os deputados federais Rose Modesto, Beto Pereira, o chefe de gabinete do governador, Carlos Alberto Assis e o presidente da Câmara, vereador João Rocha.  

No cenário para as eleições do ano que vem, partidos que em tese apoiam a candidatura já estão mudando de ideia com relação a reeleição de Marcos Trad. No começo do mês, representantes do MDB, PDT, PSB, PRB, Avante e Pros se reuniram na sede do PRB para discutir uma possível aliança para escolher um nome para disputar a prefeitura de Campo Grande. 

O prefeito Marcos Trad, questionado sobre esses nomes que estão surgindo para a disputa da prefeitura da capital Morena, se disse confiante.  "Eu sempre preguei a multiplicidade de candidatos preparados. É muito bom para a democracia o embate técnico administrativo. A população vai escolher o que ela entender que é melhor para gerir a nossa cidade”, explica. 

Trad, confiante em sua gestão, disse que o apoio que ele tem é da esposa e de Deus e deseja boa sorte para quem for disputar as eleições com ele. “Apoio que eu tenho é da minha esposa e de Deus e aqueles de livre arbítrio decidirem estar ao nosso lado. Aqueles que não estiverem podem ter certeza de uma coisa, eu vou desejar toda boa sorte do mundo, que eles estejam preparados, independentemente de quem quer que seja”, explica. 

O prefeito de Campo Grande deixou bem claro que nesse período ainda é cedo para discutir as eleições do ano que vem e que esses embates sejam feitos somente no período eleitoral. "Eu tenho dito e volto a repetir, que a discussão eleitoral seja realizada dentro do período eleitoral. Enquanto isso, todos hermanados em favor de Campo Grande", finalizou. 

Fonte: Correio do Estado

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(67) 99968-0055

© 2019 Diário MS News. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: