Viveiristas podem adquirir até sexta-feira (08) hastes de pequi com e sem espinhos

Com o objetivo de contribuir com a reprodução de mudas de pequi com e sem espinhos para atender a demanda do mercado, a Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater) está comercializando hastes com gemas de cinco cultivares para enxertia por viveiristas. Os interessados devem manifestar interesse até a próxima sexta-feira (8 de março) por meio do formulário disponível no site da Agência, clicando AQUI.

Para adquirir as hastes, os viveiristas devem estar cadastrados no Registro Nacional de Sementes e Mudas(RENASEM) do Ministério da Agricultura e Pecuária, possuir mudas aptas para enxertia e estarem interessados em formar um jardim clonal para comercialização. As cultivares de pequizeiro sem espinhos (GOBRS 102 e GOBRS 103) e com espinhos (GOBRS 201, GOBRS 202 e GOBRS 203) disponíveis foram desenvolvidas pela Emater em parceria com a Embrapa Cerrados. Acesse aqui mais informações sobre essas cultivares.

As hastes para enxertia serão comercializadas com base no número de gemas, pelo preço de R$ 2,00 cada, sendo as embalagens (caixas de isopor com comprimento interno mínimo de 50 cm e panos de algodão umedecidos)por conta dos solicitantes. Cada viveirista poderá adquirir até 100 gemas de cada cultivar, sendo a oferta limitada ao estoque disponível e condicionada ao envio de manifestação de interesse.

Após envio dos documentos, os viveiristas aptos à aquisição das hastes serão informados sobre os trâmites de pagamento. A retirada das hastes será realizada após a confirmação do pagamento e ocorrerá no período de 11 a 29 de março, mediante agendamento prévio de, no mínimo, três dias. O agendamento deverá ser feito através do email [email protected]ou pelo telefone(62) 3201-3207 e a retirada será na sede da Emater, em Goiânia.

A Emater e a Embrapa Cerrados poderão revogar a presente oferta por interesse público, antes da entrega das hastes e declará-lo nula por motivo de força maior, caso seja constatada qualquer ilegalidade ou não conformidade. Para mais informações, entre em contato pelo e-mail [email protected] ou telefone 62 3201-3207.

Facebook
Twitter
WhatsApp

Leia Também