Vacina contra Covid-19 e Influenza são disponibilizadas em postos diferentes em Dourados

Esquema busca reduzir confusão na aplicação dos imunizantes

Dourados possui 36 UBS (Unidade Básica de Saúde), destas, 23 participam do esquema de vacinação contra a Covid-19 e Influenza. Os imunizantes são disponibilizados em unidades diferentes para evitar aglomerações. Aqueles que fazem parte do público alvo de cada campanha devem levar identidade, cartão do SUS (Sistema Único de Saúde) e comprovante de residência no momento da vacinação.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Edvan Marques, as medidas são tomadas para garantir o funcionamento da campanha e não gerar confusão entre os imunizantes. Aqueles que se enquadram nos dois esquemas de vacinação precisam fazer um intervalo de no mínimo 14 dias, entre as doses, para que tenham o desempenho esperado.

“Essa é uma recomendação do Instituto Butantan que produz a Coronavac no Brasil, que é uma das principais vacinas aplicadas em Dourados. Com isso, nós estamos orientando a população de acordo com a solicitação do instituto, que teme efeitos colaterais, como a perda da eficiência da vacina caso esse prazo não seja cumprido”, explica.

No município existem 15 unidades urbanas que disponibilizam as doses de Influenza. Sendo elas: Novo Horizonte, Seleta, Cuiabazinho, Vila Hilda, Campo Dourado, Carisma, Piratininga, Chácara dos Caiuás, Maracanã, Cabeceira Alegre, Parque das Nações, Jockei Clube, Guaicurús e Bem Te Vi. Nesta primeira fase serão vacinadas crianças de 6 meses a crianças de 5 anos 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores da saúde.

Já a imunização da Covid-19 ocorre em nove unidades, sendo elas: Altos do Indaiá, Ouro Verde, Parque das Nações I, Quarto Plano, Vila Rosa, Idelfonso Pedroso, CSU, Parque do Lago II e Vila Vieira. Que são disponibilizadas para idosos de 62 anos ou mais,pessoas com 60 anos ou mais com doenças imunossupressoras, oncológicos com doença ativa em tratamento, transplantados de órgão sólido ou de medula óssea e renais crônicos, pneumopatias crônicas graves, portadores de doenças cardiovasculares crônicas que tenham sido submetidos a procedimentos operatórios; doença cérebro vascular, obesidade mórbida e cirrose hepática.

Pessoas acima de 18 anos também são contempladas aqueles que possuem síndrome de down, anemia falciforme, coagulopatias hereditárias, pessoas com deficiências permanentes que apresentem limitação motora ou incapacidade, incapacidade de ouvir e enxergar e deficiência intelectual permanente que limite as suas atividades habituais, podem buscar unidades de saúde.

Prefeitura de Dourados
Assessoria de Comunicação Social

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também