Saiba quando a solução é chorar

Oftalmologista do Oftalmos – Hospital de Olhos explica qual é a função das lágrimas e como elas podem ser benéficas no combate a doenças oculares

Chorar é visto na maioria das vezes como um sinal de fraqueza, mas engana-se quem pensa assim. As lágrimas são produzidas pelas glândulas lacrimais e são responsáveis pela hidratação, nutrição e proteção dos olhos. Quando uma pessoa chora, a lágrima lubrifica a região ocular, protegendo-a de poeiras e bactérias, além de manter a visão mais nítida, auxiliando no combate a alergias.

 

“Quando um agente infeccioso entra nos olhos, a primeira reação do corpo é lacrimejar, pois as lágrimas conseguem expelir a bactéria presente e limpar o olho afetado, evitando assim complicações que possam surgir. Além disso, é possível eliminar toxinas durante o choro, visto que nas lágrimas contém uma enzima chamada lisozima, responsável por combater micro-organismos prejudiciais à saúde ocular”, explica o médico Dr. Fernando Ramalho, especialista em cirurgia refrativa no Oftalmos – Hospital de Olhos, de Santa Catarina.

 

Tipos de lágrimas 

O especialista do Oftalmos explica que existem três tipos de lágrimas e cada uma tem uma função diferente no nosso organismo. A primeira são as basais, produzidas rotineiramente em pequenas quantidades para a lubrificação da córnea. Com o intuito de proteger os olhos, a segunda condição são as lágrimas reflexas, que são resultados da irritação ocular provocada por partículas estranhas ou substâncias irritantes, como cebola e spray de pimenta. A última e mais conhecida são as lágrimas emocionais: conhecidas como choro, essas são provocadas por emoções, nas quais contêm hormônios do estresse para nos livrarmos dele, sendo na maioria das vezes uma solução terapêutica.

 

Prevenção de doenças oculares

 

A lágrima ajuda na prevenção e no combate a doenças oculares. O Dr. Fernando Ramalho elucida alguns problemas que podem ser evitados com o choro:

 

  • Olho seco: Uma condição que ocorre quando há insuficiência de lágrimas. O choro aumenta a quantidade de lágrimas que ajudam a lubrificar os olhos, evitando a síndrome do olho seco. 
  • Córnea: As lágrimas ajudam na manutenção da superfície da córnea saudável e hidratada, evitando danos na córnea, estrutura localizada na parte anterior do globo ocular. 
  • Irritação ocular: Mencionado anteriormente, o choro ajuda na remoção de partículas estranhas, reduzindo a inflamação ocular.

Facebook
Twitter
WhatsApp

Leia Também