Rádio ALEMS lança programação especial de São João

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Atenção! Pode preparar o bolo de milho e o quentão que a animação, em casa, está garantida neste mês de junho. Com intuito de mostrar que a cultura dos festejos juninos continua forte, mesmo sem as aglomerações das pessoas na cidade e no campo, a Rádio ALEMS preparou uma programação especial em homenagem aos festejos de São João, para reforçar a tradição desta que é uma das celebrações mais tradicionais do calendário brasileiro. 

Ao longo de todo o mês de junho, a rádio conta com playlists de músicas juninas, para fazer os ouvintes balançarem o esqueleto e relembrarem as grandes festas. Então se prepare, que em junho tem muito São João da Rádio ALEMS! A equipe da emissora preparou uma seleção especial de grandes sucessos que animarão os lares daqueles que sentem falta dos festejos, cancelados pelo segundo ano consecutivo, em virtude da pandemia da Covid-19.

Desde o ano passado o público tem aprendido a dançar em um novo arraial: o virtual e nada melhor que acessar o site institucional da Casa de Leis, para curtir a programação especial de São João que a Rádio ALEMS preparou com muito carinho. Nesta edição vamos homenagear a cidade de Corumbá, em Mato Grosso do Sul, que no último dia 19 de maio teve sua tradicional festa de São João reconhecida como Patrimônio Cultural do Brasil. 

A decisão foi tomada em reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, órgão colegiado do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A festa remonta às origens de Corumbá e, pela sua singularidade, foi incorporada ao Patrimônio Imaterial de Mato Grosso do Sul em 2010.

Você sabia?

Em Portugal a festa de São João se chama Joanina e na Itália “Compare e Comaredi San Giovanni”. É bom lembrar que este dia marcava o início do solstício de verão e das festas pela colheita na idade média. Festas incorporadas pelo calendário religioso. No Brasil, a festa ganhou uma mistura ainda maior: a culinária indígena à base de milho, a quadrilha que tem origem europeia e a mistura da polka com a batida dos atabaques africanos.

Em vez de junina, muitos chamam os festejos de São João, pois dia 24 é o auge das festividades, exatamente quando se comemora o aniversário de São João Batista, o santo festeiro. A lenda diz que nesse dia ele prefere dormir o dia todo para não ver as fogueiras na Terra e ficar com vontade de descer e comemorar também. Por isso, as pessoas soltam fogos de artifício para tentar acordá-lo. Entre os costumes católicos, a Festa Junina é marcada pelo levantamento do mastro, ou andor, de São João.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também