Programa de proteção à comunidade universitária durante pandemia ganha nova versão

Já está disponível no site ufms.br/coronavirus a versão 2.0 do programa Se cuide, te amo – Uma ação do coração da UFMS desenvolvido desde março do ano passado com objetivo de proteger a comunidade universitária durante o período de enfrentamento à Covid-19. O programa contempla uma série de ações reunidas em três eixos: Cuidado com as pessoas, em um ambiente inclusivoDesenvolvimento de Pessoas, em um ambiente sustentável e Avanço tecnológico, em um ambiente inovador.

“Todos os esforços da nossa administração têm sido para manter os direitos à educação e à saúde da nossa comunidade. A segunda versão do programa se cuide, te amo foi revisada e ampliada para cuidar dos nossos maiores tesouros, os nossos estudantes e a nossa equipe, com ações e práticas que façam a diferença no dia a dia”, destaca a vice-reitora Camila Ítavo. A nova versão apresenta a programação da campanha Eu Respeito para o ano inteiro, até fevereiro de 2022.

Entre as atividades desenvolvidas no eixo 1, está a disponibilização para toda a comunidade acadêmica (professores, técnicos, estudantes e colaboradores terceirizados) de exames laboratoriais para diagnóstico da Covid-19 – o Lab-Camp. Implantado no ano passado, oferece exames para detecção por diagnósticos molecurares do vírus Sars-Cov-2. As testagens são feitas no Laboratório de Doenças Infecciosas e Parasitárias (Labdip), da Faculdade de Medicina, e os agendamentos são feitos exclusivamente pelo preenchimento do formulário disponível aqui, mediante autenticação prévia no site com o Passaporte UFMS. O teste oferecido RT-PCR, que coleta secreção nasal e orofaríngea por meio de swab (haste flexível longa), e é considerado o mais acurado na detecção do vírus.

O agendamento é feito por duas equipes da Central de Triagem, uma da Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (Proaes) e outra da Pró-reitoria de Gestão de Pessoas (Progep), que seguem alguns critérios de priorização como quadro sintomático e se a pessoa está em atividade presencial ou teletrabalho. A confirmação do agendamento é feita por meio de envio de e-mail, indicando data e horário para coleta. No total, podem ser feitos até 30 testagens, sendo até 15 para servidores e terceirizados e 15 para estudantes. Se o resultado for negativo, ele é enviado diretamente para o e-mail do solicitante. No entanto, se o resultado for positivo, a equipe da Central de Triagem faz um contato telefônico com o solicitante, por meio do serviço psicossocial da UFMS, para comunicação formal e especializada do resultado.

Até o momento foram 375 triagens e, dessas, 268 foram aprovadas. Como as pessoas podem buscar mais de um local para testagem, nem todos são realizados pelo programa. Dos que foram realizados, ou seja, 194 exames RT-PCR, 157 forneceram resultado não detectável e 37, resultado detectável.

De acordo com o diretor de Assuntos Estudantis da Proaes, professor Edilson José Zafalon, a procura diária de testes pelos estudantes tem sido compatível com a quantidade disponibilizada no programa. “A importância da ação está no cuidado com a comunidade universitária e, também, na prevenção da transmissão da Covid-19, seja dentro ou fora da UFMS”, ressalta o diretor.

“Precisamos garantir o cuidado integral de nossa comunidade e isso inclui, também, os colaboradores terceirizados. Como uma parte deles não possui Passaporte UFMS, eles devem procurar o supervisor responsável quando apresentarem sintomas da doença. O supervisor entra em contato com o servidor da unidade. O servidor será responsável por fazer o cadastro no link do Lab-Camp e, depois, repassa, as informações referentes ao agendamento para o teste ao supervisor da empresa que, por sua vez, informa o terceirizado”, detalha a diretora de Atenção ao Servidor da Progep, professora Suzi Miziara.

Mais ações

Ainda no eixo 1, além dos exames, é oferecida atenção especializada a servidores e estudantes em grupo de risco pela Covid-19, por meio do contato ativo via ligação telefônica por equipe da Progep; formação de grupos de apoio para partilhar experiências e vivências via plataformas on-line; plantão psicológico para atendimento remoto emergencial em caráter preventivo realizado por equipes da Proaes, Progep e dos câmpus; garantia de direito ao teletrabalho e ao regime especial ampliado; manutenção de ações de assistência estudantil; ações para melhoria da qualidade de vida no trabalho; investimento em espaços de convivência, alimentação e de práticas de cultura, lazer e esporte nas unidades; e construção de um ambiente inclusivo.

No segundo eixo, vem sendo realizadas ações de formação de servidores, como processo seletivo específico para servidores que queiram participar de programas de pós-graduação e oferecimento de lives e cursos a distância; de formação de estudantes, por meio de eventos como a Semana de Desenvolvimento Profissional e o Integra, além de cursos de línguas e disponibilização de materiais instrucionais. Já no terceiro eixo, os estudantes podem contar com editais para facilitar acesso à Internet e empréstimo de equipamento tecnológico; instalação de Internet em aldeias indígenas de Aquidauana. Os servidores também têm à disposição o empréstimo de equipamentos tecnológicos para o trabalho remoto; disponibilização de um catálogo de sistemas e tecnologias, com manuais e tutoriais; cursos de formação em Educação a Distância e para uso de Tecnologias de Informação e Comunicação; além do suporte das agências de Educação Digital e a Distância e de Tecnologia da Informação e Comunicação.

Para conferir a nova versão programa Se cuide, te amo e saber mais clique aqui.

Texto: Vanessa Amin

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também