Novo debate sobre Renda Básica Emergencial Cidadã com representantes de MG acontece nesta segunda-feira

Evento on-line contará com a participação da vereadora Juliana Sales (Cidadania-MG) e o prefeito João Marcelo Dieguez (Cidadania-MG), ambos de Nova Lima-MG

Na semana em que o Projeto de Lei que trata sobre a Renda Básica Emergencial Cidadã pode ser votado na Câmara Municipal de Campo Grande, a vereadora Camila Jara, autora do PL, realiza um novo debate sobre o tema, dessa vez com representantes da cidade de Nova Lima, interior de Minas Gerais. No último dia 23, Jara já havia feito uma audiência pública virtual sobre o assunto com o vereador de São Paulo, Eduardo Suplicy (PT) e o vice-prefeito de Maricá (RJ), Diego Zeidan (PT).

O convite para os representantes de Nova Lima, Juliana Sales, que é vereadora, e João Marcelo Dieguez, prefeito, surgiu por conta do programa de auxílio emergencial voltado para as pessoas em situação de vulnerabilidade social instituído no município mineiro em dezembro de 2020 e que beneficia mais de 3,1 mil famílias, totalizando um investimento deR$ 2 milhões.

“Renda Básica tem a ver com dignidade, porque ela garante o mínimo para a sobrevivência, principalmente nesse momento de pandemia que sabemos que nem todos conseguem tirar seu sustento. Temos visto exemplos no Brasil, e Nova Lima é um deles, que quando o poder executivo investe na população nos momentos de crise, a economia sente menos o impacto dessa crise, de uma forma geral, a cidade consegue segurar a inflação e ainda garante que todos tenham o mínimo para sobreviver a esse período”, explica Camila Jara.

Debate
O debate virtual sobre a Renda Básica Emergencial Cidadã acontece na segunda-feira (29/03) a partir das 18h30 (horário de MS) pelas redes sociais Instagram e Facebook da vereadora Camila Jara (@camilajarams).

Auxílio Municipal
Com a pandemia de coronavírus descontrolada em Campo Grande e as recomendações das autoridades de que a cidade “feche”, a vereadora afirma que as pessoas só vão de fato ficar em casa quando tiverem seguridade financeira para isso. A Renda Básica Emergencial Cidadã, se instituída em Campo Grande, prevê um auxílio municipal em três parcelas de R$ 300,00 para cerca de 32 mil famílias.

O Projeto de Lei da vereadora que propõe a Renda Básica Emergencial Cidadã já foi protocolado na Câmara e apresentado ao prefeito Marquinhos Trad e deve ser votado esta semana.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também