Estudo sobre a geografia de Batayporã pauta evento no Dia da Terra

Pesquisador da UFMS apresentou dados de pesquisa com iconografia local no período de 1989 a 2019

Nesta quinta-feira (22), a Prefeitura de Batayporã finalizou o evento “Reflexões Dialógicas: conservação do solo e água” com palestra do professor doutorando em Geografia pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Rafael Bartimann. O pesquisador analisou as alterações na paisagem local com base em mapas de uso das terras.

O estudo apresentado também utilizou a iconografia – análise de imagens da região – no período de 1989 a 2019, e constatou a ampliação das áreas de agricultura no município, sobretudo, as de soja e cana-de-açúcar.

O painel foi proposto pelo Departamento de Meio Ambiente e acompanhado por professores e estudantes da Rede Municipal de Ensino, além dos gestores da área Renan Bom (secretário), Amin Ibrahim (diretor), técnicos e pesquisadores parceiros.

A atividade encerra as ações desempenhadas no mês de abril em alusão às temáticas ambientais – na presente data, é comemorado o Dia da Terra e, no último dia 15 foi celebrado o Dia da Conservação do Solo, que contou com a primeira parte do evento com participação de especialistas da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) e coleta de embalagens de agrotóxicos na área rural.

Para o prefeito Germino Roz (PSDB), a atividade foi relevante para compreender o processo sócio-histórico que acompanha o desenvolvimento do território de Batayporã. “É preciso aprender com a leitura do nosso espaço, do nosso cenário para reverter desigualdades e diminuir impactos negativos”, disse.

Da mesma forma, o palestrante ressaltou a necessidade de sensibilizar a população para uma visão crítica quanto à geografia local. “Somente com um olhar da população é que teremos uma cidade mais justa, mais igualitária e sustentável para todos”, explicou Bartimann.

Fonte: Ana Carla Barbosa

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também