Empregados da Caixa em Campo Grande e região paralisam as atividades nesta terça-feira, dia 27

Nesta terça-feira, dia 27 de abril, os empregados da Caixa em todo país paralisaram as atividades por 24 horas. Essa mobilização, aprovada em assembleia pela categoria, é uma reação aos constantes ataques aos direitos dos trabalhadores e ao banco 100% público.

Segundo a presidente do Sindicato dos Bancários de Campo Grande-MS e região, Neide Rodrigues, por conta de uma medida liminar da direção do banco, 60% dos trabalhadores vão manter os atendimentos nas agências e os outros 40% têm o direito de paralisar as atividades neste 27 de abril. Esse movimento dos empregados da Caixa cobra melhores condições de trabalho e de atendimento à população, por meio de mais contratações.

“Desde o início da pandemia, os empregados da Caixa estão na linha de frente, expostos ao coronavírus, enfrentando jornadas exaustivas de trabalho e cobrança de metas desumanas. Sem condições de trabalho e sem funcionários suficientes nas agências, a população é drasticamente prejudicada pela demora no atendimento, e acaba enfrentando longas filas, principalmente em época de pagamento do auxílio emergencial”, comenta.

A greve de 24 horas também alerta sobre as ações do Governo Federal e da direção da Caixa que buscam caminhos para vender o banco público em fatias, a partir da venda das subsidiárias, começando pela Caixa Seguridade, nesta quinta-feira, dia 29 de abril.

“Com a privatização, mais agências serão fechadas e a população ficará sem atendimento. E ainda: as políticas públicas e o investimento em diferentes setores serão reduzidos prejudicando o desenvolvimento do país”, ressalta Neide.

Números que mostram a importância dos bancos públicos
Os números demonstram que não há porque privatizar a Caixa: o lucro líquido do banco totalizou R$ 13,169 bilhões em 2020.

Além disso, a Caixa é responsável por 70% dos financiamentos imobiliários no Brasil. Os bancos públicos, como a Caixa e o Banco do Brasil, ainda são responsáveis por 80% a 90% das operações de crédito nas regiões Sul, Centro-Oeste, Nordeste e Norte. Bancos privados concentram 70% de suas operações no Sudeste.

Dos 5.570 municípios brasileiros, 3.256 têm agências bancárias. Em 990 destes só tem agência de bancos públicos.

Quanto ao auxílio emergencial, em todo o país, os empregados da Caixa atenderam 120 milhões de brasileiros durante o pagamento do benefício em 2020. Em MS, foram mais de 844 mil pagamentos referentes ao auxílio emergencial.

“Em 2020, ficou ainda mais evidente a importância da Caixa, dos seus empregados, da sua função social, para o Brasil e os brasileiros. Foram os empregados da Caixa que pagaram o auxílio-emergencial para milhões de pessoas em meio a uma pandemia”, disse a presidenta do sindicato.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também