Em Corumbá, Sérgio Murilo anuncia Governo Presente e visita obras do Pronto-Socorro e de recapeamento

Com investimentos que somam mais de R$ 400 milhões em seis anos do governo de Reinaldo Azambuja, Corumbá e região serão contemplados com mais recursos para obras de infraestrutura e outros setores a serem anunciados durante a realização do Governo Presente na histórica cidade pantaneira, entre maio e junho. O anúncio foi feito pelo secretário de Governo e Gestão Estratégica (Segov), Sérgio Murilo, em visita técnica à cidade.

Murilo informou, em entrevista aos meios de comunicação locais, que o governo se instalará em Corumbá para discutir com o prefeito Marcelo Iunes, demais lideranças políticas e com a população, projetos relevantes para a região, incluindo a cidade vizinha de Ladário. Ele adiantou que o governador Reinaldo Azambuja assinará ordens de serviço e abertura de licitação de importantes obras, beneficiando também o turismo e a pecuária pantaneira.

“O governador Reinaldo Azambuja deixará um legado municipalista, a história vai concluir essa grande obra de seu governo”, disse o titular da Segov, ao afirmar que Mato Grosso do Sul continua em franco desenvolvimento porque tem um governo com responsabilidade fiscal e tomou medidas antipopulares para garantir uma equação financeira equilibrada. “Os salários estão em dia e vamos investir mais de R$ 3,5 bilhões em obras estruturantes até 2022”, disse.

Governo mais social

Sérgio Murilo visitou as emissoras de rádio e TV de Corumbá e confessou se sentir gratificado pelo convite de Reinaldo Azambuja para substituir um dos principais arquitetos da gestão, o secretário Eduardo Riedel, hoje na Infraestrutura, e contribuir para que obras e serviços continuem sendo entregues à população. Engenheiro civil, lembrou que ainda estudante viajava de trem para Corumbá como representante comercial, com cujo emprego pagou sua faculdade.

O secretário destacou também a sensibilidade do governador em lançar programas de alcance social e econômico para reduzir os impactos da pandemia do coronavírus na população e no comércio, citando o Mais Social e um plano de financiamento que vai atender o setor da microempresa, além de ações que estão sendo desenvolvidas nas áreas da cultura e do turismo. “Não podemos ser um celeiro de alimentos com pessoas ainda passando fome”, disse.

Saúde e asfalto

Acompanhado do prefeito Marcelo Iunes e dos vereadores Alexandre Vasconcelos, Manoel Rodrigues e Genílson José, o secretário de Governo e Gestão Estratégica visitou obras em execução pela parceria do Estado com a Prefeitura. A mais emblemática é a construção do novo sistema de saúde, que consiste em um amplo e moderno Pronto-Socorro e uma ala para 30 leitos, com investimento de R$ 12 milhões. Os recursos foram liberados para a Prefeitura executar o projeto.

Murilo percorreu as dependências do Pronto-Socorro, que está sendo edificado ao lado do Hospital de Caridade, no centro da cidade, e ressaltou a importância da regionalização da saúde pública em implementação pelo governador Reinaldo Azambuja. “Esta obra vai atender uma região carente, com alta demanda pela proximidade da fronteira. Com a nova estrutura as pessoas deixarão de deslocar para a Capital em busca de atendimento”, comentou.

O prefeito Marcelo Iunes informou que a obra física do Pronto-Socorro será entregue em setembro e a ala dos leitos, que sofreu atraso devido a existência de solo rochoso com minadouros, será concluída no fim de ano. O secretário visitou ainda as obras de restauração asfáltica dos bairros Universitário e Maria Leite, com recursos (R$ 10 milhões) do Fundersul liberados pela Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) ao município.

Subsecretaria de Comunicação, Subcom

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também