Com Cidade Empreendedora, Nova Andradina segue rumo ao crescimento e celebra 62 anos de história

Com ações para transformar a economia e promover o desenvolvimento da cidade, programa passou a ser executado no município este ano

Nova Andradina comemora mais um aniversário nesta sexta-feira (30), quando completa 62 anos desde a instalação do município. Com quase 46 mil habitantes, de acordo com o último Censo, realizado em 2010, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a cidade é o oitavo maior município de Mato Grosso do sul em volume populacional e está posicionada de forma estratégica, a 300 quilômetros de distância da capital do Estado, e próxima a São Paulo e Paraná.

A localização do município contribuiu para a expansão econômica, principalmente na área da bovinocultura, o que lhe rendeu o título de “Capital do Boi”. Entretanto, atualmente, a principal vertente da economia em Nova Andradina é a área de Comércio e Serviços. Dados da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) apontam que, em 2018, esse foi o setor que mais contribuiu para o volume do Produto Interno Bruto (PIB) da cidade. No total, a geração de riquezas resultou em R$ 1,2 bilhões e 59% desse valor corresponde ao setor de Comércio e Serviços. Em seguida, como a segunda maior contribuição setorial aparece a área da Indústria com quase 23% e a Agropecuária com 18%.

Para impulsionar, ainda mais, o crescimento de Nova Andradina, neste ano, a Prefeitura Municipal aderiu ao programa Cidade Empreendedora, oferecido pelo Sebrae. De acordo com o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/MS e titular Semagro, Jaime Verruck, a parceria vem para somar com o trabalho feito pela gestão do município.

“Parabenizo Nova Andradina pela história que construiu nesses 62 anos. Com as ações trazidas pelo Cidade Empreendedora, o município vai se desenvolver ainda mais, principalmente, na área de Comércio e Serviços que hoje é a principal vertente econômica da cidade. Estamos trabalhando junto à Prefeitura para promover o fortalecimento das micro e pequenas empresas, ajudando a criar um ambiente de negócios favorável que auxilie na transformação da econômica de Nova Andradina”, pontuou Verruck.

Com a proposta de transformar a economia e promover o desenvolvimento local a partir do fortalecimento dos pequenos negócios, o programa é executado no município desde o início de março, quando houve uma solenidade de assinatura de contrato e começou a ser feita a ação “Sebrae na sua Empresa”. Agentes da instituição visitam os pequenos negócios para identificar qual é a necessidade dos empresários e propor soluções, no total, mais de 600 empreendedores já foram atendidos.

O “Sebrae na sua empresa” é uma das ações que integram a linha de atuação do programa direcionada ao atendimento do pequeno empresário. Em Nova Andradina, esse público corresponde a 88% da densidade empresarial e ao fortalecê-lo é possível promover a geração de emprego e renda no município.

Junto com o trabalho desenvolvido na área urbana, o produtor rural também recebe o apoio do Sebrae/MS para que possa melhorar a produtividade e as vendas. Além desse suporte direto ao empreendedor, seja no campo ou na cidade, outra vertente do programa Cidade Empreendedora atua no âmbito das políticas públicas com o objetivo de desburocratizar processos e melhorar o ambiente de negócios.

Dentre as iniciativas previstas pelo programa estão a desburocratização dos processos para a abertura e alterações de empresas; incentivos às compras locais; promoção de uma cultura empreendedora e a inovação nas escolas; melhorias na Sala do Empreendedor; estímulo ao desenvolvimento empresarial; e formação de lideranças que exerçam uma gestão pública empreendedora.

Mais informações sobre o Cidade Empreendedora podem ser obtidas por meio do telefone 0800 570 0800 ou pelo Whatsapp (67) 3389-530.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também