Azambuja reafirma que tucanos vão enfrentar Adriane em 2024

Apesar do convênio entre governo e prefeitura, assinado na segunda-feira, uma parceria eleitoral está descartada

Apenas cinco dias após assinatura de mais de R$ 50 milhões do governo do Estado para a Prefeitura de Campo Grande, para investimento na infraestrutura da Capital, o presidente estadual do PSDB, o ex-governador Reinaldo Azambuja, afirma que tucanos vão enfrentar Adriane Lopes (PP) em 2024. 

Durante a Convenção Municipal do PSDB, Azambuja falou ao Correio do Estado que “nós teremos candidatura própria, e o nome é o Beto Pereira. As obras para Campo Grande, todas elas têm apoio do próprio governo do Estado, que é do Eduardo Riedel, que é do PSDB, porque as obras não são para a prefeita, as obras são para a população, são para as pessoas que precisam”, pontua o ex-governador. 

Azambuja também relembra que antes de terminar seu mandato como governador, também disponibilizou recursos para Campo Grande, o que foi um dos fatores determinantes para destravar obras como a da Avenida Cafezais e o novo acesso às Moreninhas. 

“O Estado não discrimina nenhum município, independente de administração, a gente já ajudou os 79. Agora o projeto do PSDB é uma candidatura própria, a gente respeita a candidatura da Adriane, o PP é um partido aliado, mas aqui na Capital provavelmente nós teremos as candidaturas colocadas. Isso está muito cedo ainda, porque a convenção vai ser só em julho do ano que vem”, comentou Reinaldo. 

O ex-governador também apontou que o partido tem acompanhado, através de pesquisas qualitativas, o atual deputado federal, Beto Pereira, se encaixa bem na candidatura para prefeito da Capital. “Um gestor que resolva os problemas corriqueiros da cidade, atenção básica à saúde, limpeza da cidade, melhoria da iluminação pública, melhoria das vias e principalmente uma atenção forte na questão da saúde, que é realmente um problema a ser enfrentado e eu não tenho dúvidas que o Beto está preparado para isso”, concluiu. 

Apesar das falas de Azambuja, Beto Pereira segue com uma postura mais preservada, afirmando apenas que o partido terá um candidato. “O PSDB vai ter um candidato, e isso vem se afunilando em torno de uma candidatura em torno de um nome que vai levar essa mensagem do partido. Está convergindo tanto essa sinalização para presidir o partido, quanto para a disputa municipal. Com isso a responsabilidade nossa aumenta ainda mais”, diz o deputado federal. 

Beto Pereira foi eleito na manhã desse sábado (16), por unanimidade dos votos, o presidente municipal do PSDB em Campo Grande. O resultado foi divulgado pelo deputado estadual João César Mattogrosso, que estava até então, na presidência. 

A respeito da tentativa da atual prefeita Adriane Lopes, em tentar conseguir os votos dos bolsonaristas da Capital, Beto Pereira afirma que o principal debate que deve ser feito é voltado para Campo Grande, e não em pautas ideológicas. 

“Quem vai perder com isso vai ser a cidade, porque nós temos que discutir os problemas que hoje afligem a população de Campo Grande, nós temos que resolver os problemas da população de Campo Grande”, finalizou. 

Facebook
Twitter
WhatsApp

Leia Também