Vacinação contra a Covid-19 continua nesta semana em Dourados; Veja locais

A Prefeitura de Dourados, por meio da Sems (Secretaria Municipal de Saúde), ampliou a faixa etária de idosos a serem imunizados contra a Covid-19. Nesta fase serão vacinados: idosos com 60 anos ou mais; pessoas com comorbidades graves com 50 anos ou mais; pessoas com comorbidades com 18 anos ou mais; gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) com 18 anos ou mais; trabalhadores da saúde que não manipulam fluidos com 50 anos ou mais, e trabalhadores da saúde que manipulam fluídos com 32 anos ou mais.

Como vai funcionar?

Idosos com 60 anos ou mais, pessoas com comorbidades graves com 50 anos ou mais, pessoas com comorbidades com 18 anos ou mais, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) com 18 anos ou mais não precisam agendar a vacinação.

Para estes grupos a vacinação ocorrerá nas seguintes unidades: Altos do Indaiá, Ouro Verde, Parque das Nações, IV Plano, Vila Rosa, Idelfonso Pedroso, CSU, Parque do Lago II, Vila Vieira, Izidro Pedroso e nas unidades dos distritos (para moradores das regiões).

Quais comorbidades são contempladas?

Para as pessoas com 50 anos ou mais, são contempladas: doenças imunossupressoras; oncológicos com doença ativa em tratamento; transplantados de órgão sólido ou de medula óssea e renais crônicos; pneumopatias crônicas graves; portadores de doenças cardiovasculares crônicas que tenham sido submetidos a procedimentos operatórios; doença cérebro vascular; obesidade mórbida, e cirrose hepática. É preciso apresentar comprovante das comorbidades.

Já para pessoas com 18 anos ou mais, são contempladas: síndrome de down; anemia falciforme; coagulopatias hereditárias; pessoas com deficiências permanentes que apresentem limitação motora ou incapacidade; incapacidade de ouvir; incapacidade de enxergar; deficiência intelectual permanente que limite as suas atividades habituais. É preciso apresentar comprovante das comorbidades.

Quais documentos preciso levar?

É obrigatória a apresentação de documento com foto, CPF, cartão do SUS (se tiver) e comprovante de residência. Para as pessoas com comorbidades, é preciso levar comprovante das doenças. Para as grávidas é necessário levar o cartão gestante e para as puérperas a certidão de nascimento do bebê.

Onde posso tomar a Dose 2?

A vacinação da Dose 1 e Dose 2 ocorrerá nas seguintes unidades: Altos do Indaiá, Ouro Verde, Parque das Nações, IV Plano, Vila Rosa, Idelfonso Pedroso, CSU, Parque do Lago II, Vila Vieira, Izidro Pedroso e nas unidades dos distritos (para moradores das regiões).

Trabalhadores da Saúde

Os trabalhadores da saúde que não manipulam fluídos e que tenham 52 anos ou mais (Grupo 1) e os trabalhadores da saúde que manipulam fluídos com 32 anos ou mais (Grupo 2) devem se vacinar no CCI (Centro de Convivência do Idoso) Andre Chamorro. É preciso agendar a aplicação da vacina nos telefones: (67) 9.8468 – 8399 / 8098 / 8259 / 9023.

Quais são as profissões contempladas?

Grupo 1 – “Médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares), agentes comunitários de saúde, agentes de combate às endemias, profissionais da vigilância em saúde e os trabalhadores de apoio (exemplos: recepcionistas, seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias, gestores e outros). Inclui-se, ainda, aqueles profissionais que atuam em cuidados domiciliares (exemplos: programas ou serviços de atendimento domiciliar, cuidadores de idosos, doulas/parteiras), funcionários do sistema funerário, Instituto Médico Legal (lML) e Serviço de Verificação de Óbito (SVO) que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados e; acadêmicos em saúde e estudantes da área técnica em saúde em estágio hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios. Os trabalhadores que atuam nos estabelecimentos de serviços de interesse à saúde das instituições de longa permanência para idosos (ILPI), casas de apoio e cemitérios serão contemplados no grupo trabalhadores da saúde e a recomendação é que também sejam vacinados”.

Grupo 2 – Atuantes nos serviços de saúde público ou privado, onde manipulem FLUÍDOS ou SECREÇÃO de pacientes suspeitos ou confirmados. (Ex. dentistas, biomédicos, bioquímicos e seus respectivos auxiliares). É necessário apresentação de identidade profissional e declaração do estabelecimento de saúde, comprovando exposição e possibilidade de contaminação, devido atividade laboral.

Dose 2 Coronavac

O município de Dourados ainda não recebeu novas doses da Coronavac para terminar a imunização dos que ficaram sem a Dose 2.

Fonte: Assessoria

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também