Prefeito de Coxim lança novo decreto devido a bandeira vermelha da nova classificação do Prosseguir

O Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança na Economia), divulgou uma nova classificação do mapa de risco para infecções por Covid-19 nesta quinta-feira (10), onde Coxim voltou para a bandeira vermelha, com alto grau de risco de contaminação da Covid-19.

Uma reunião com representantes do comércio, poderes executivo e legislativo e, autoridades em saúde na tarde desta quinta-feira (10), debateu as novas medidas a serem tomadas, deliberando o Decreto n.º 549/2021

Ficou previamente determinado que estará proibida a venda de bebidas alcoólicas no final de semana, o fechamento do comércio na sexta-feira às 21:00h, abrindo na segunda-feira às 05:00h, com exceção dos mercados e supermercados que poderão funcionar no sábado até às 16:00h, fechando após esse horário e abrindo na segunda-feira.

Além das aulas presenciais, fica proibido o funcionamento de atividades comerciais e templos religiosos, bem como das instituições bancárias, financeiras e casas lotéricas, a permanência e circulação de pessoas, tereré, chimarrão e narguilé, em locais públicos, balneários, clubes recreativos, ranchos e similares, bem como a realização de eventos particulares como casamentos, shows com música ao vivo ou som mecânico, aniversários e similares, independentemente do número de pessoas.

Fica permitido o delivery (disque entrega) e sistema drive thru que permite o cliente pegar seu produto sem permanecer no local, somente para venda de alimentos e medicamentos. Destacando que os sistemas não se aplicam a venda de bebidas alcoólicas.

Participaram da reunião de tomada de decisões, o prefeito Edilson Magro, o vice-prefeito Flávio Dias, a secretária de saúde Lasalette Bell, o gerente de vigilância sanitária Luiz Eduardo dos Santos, o assessor Vergílio Gabriel de Aragão, o presidente da associação comercial (ACIAC) Rogério Carlos dos Santos, os vereadores Carlos Henrique, Ademir Peteca, Zanon Lamunierer e Jeferson Aislan.

Confira o Decreto: DECRETO 549/2021

Matéria editada para acréscimo de informações

Fonte: AssCom/Augusto Marques

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também