Pesca predatória é o foco da operação Semana Santa da PMA

Segue até a próxima segunda-feira, dia 03 de abril, a “Operação Semana Santa”, da Polícia Militar Ambiental, que neste ano contará com 290 policiais no trabalho de prevenção e repressão à pesca predatória.

Haverá fiscalização dos rios, por conta do feriadão, inclusive utilizando do o efetivo administrativo.

Além da pesca predatória, também serão verificadas infrações ambientais como desmatamento ilegal, exploração ilegal de madeira, incêndios (Operação Prolepse), carvoarias ilegais, transporte irregular de carvão, crimes contra a flora, caça e fauna, o transporte de produtos perigosos e atividades potencialmente poluidoras.

O Posto Avançado localizado na Cachoeira do Sossego, no rio Aquidauana, em Rochedo (MS), que foi montado durante a Piracema, também será reforçado. A base se tornou permanente em razão do alto índice de pesca predatória na região.

No ano passado, neste mesmo período, a PMA autuou 11 infratores por crimes e infrações ambientais, sendo sete por pesca ilegal, apreendeu 32 kg de pescado e aplicou R$ 52,7 mil em multas.

Katiuscia Fernandes – Subcom

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também