Especialista do Senac EAD dá dicas para criar um ambiente confortável no home office

Preparação de espaço específico para trabalho deve levar em conta iluminação, ergonomia e conforto acústico

A adoção do sistema home office (trabalho em casa) aumentou exponencialmente em 2020, decorrente da pandemia do novo coronavírus. Ainda que a experiência não tenha sido previamente planejada, ela tem demonstrado resultados positivos, conforme divulgado no levantamento da *SAP Consultoria em Recursos Humanos.

Pesquisa realizada com 500 empresas nacionais apontou que 46% utilizam o trabalho home office e 52% decidiram aderir em razão da pandemia. Do grupo que implantou o modelo no ano passado, 72% informaram que planejam dar continuidade à prática.

Diante desse cenário, funcionários e prestadores de serviços tiveram que encontrar soluções para adaptarem o ambiente profissional no espaço doméstico. A designer Ana Noronha, coordenadora do curso Técnico em Design de Interiores do Senac EAD, esclarece a importância de delimitar um cômodo da casa para as atividades laborais.

“Evite escolher a sala de jantar como mesa de trabalho. Ambientes de home office não precisam de muita sofisticação e os fatores que devem ter prioridade são conforto acústico, ergonomia e boa iluminação por reduzirem problemas de saúde. Escolha um local silencioso da casa, longe de distrações para montar o espaço de trabalho”, explica.

A docente sugere investimento em uma mesa com mínimo de 60 centímetros de profundidade, e 100 centímetros de comprimento, a fim de acomodar computador, teclado, monitor e mouse. Outro cuidado importante é o assento, por isso procure uma cadeira ergonômica, com bom apoio lombar, ajuste de braço e assento, com rodízio. “Trabalhar várias horas sentado exige essa atenção com a saúde e postura. Fique atento ainda a uma boa iluminação, proximidade com janelas para circulação do ar e apoio de luzes artificiais, de forma a evitar ofuscamento”, pontua.

Em algumas situações, são identificadas dificuldades para conseguir uma boa iluminação e acesso a interruptores de energia elétrica. Por isso, Ana aponta alternativas com baixo investimento. “As luminárias de mesa suprem problemas emergenciais, mas pode-se adotar a instalação de equipamentos sobrepostos no forro, como spots, plafon e trilhos, evitando a realização de obras. Em relação às entradas de energia, existem no mercado várias opções de multiplicadores e extensões de tomadas”, revela.

Mudança de comportamento

A especialista do Senac EAD destaca que o período de isolamento social da população está criando uma característica comportamental chamada ‘Efeito Casulo’. “Todos estão mais voltados para suas casas, percebendo mais o seu habitat. A casa deixa de ser um espaço para dormir, relaxar e receber. Passa a ser o local em que realizamos todas as atividades da nossa rotina diária. Então, o pensamento coletivo é o seguinte: Já que estou tanto tempo neste espaço, preciso deixá-lo mais adequado às minhas necessidades. Minha satisfação é aqui, meu lar, meu casulo”, esclarece.

Essa atitude reflete diretamente no setor de material de construção, plantas ornamentais e mobiliário. De acordo com uma pesquisa realizada pela consultoria IEMI*, houve aumento de 11,1% no volume de compras do setor de mobiliário em 2020. “Com o crescimento do segmento varejista, crescem consequentemente a busca por profissionais de Design de Interiores. Afinal, esses especialistas saberão traduzir os desejos e as necessidades dos usuários, aproveitando cada cantinho da casa, da melhor forma possível”, reforça a docente.

Ana Noronha elencou algumas dicas para auxiliar as pessoas interessadas em criar um espaço aconchegante de home office. Acompanhe:

– Escolha um local arejado, calmo e bem iluminado para instalar seu home office.

– Faça acordos com a sua família para que seu horário de trabalho seja respeitado, evitando assim a queda na sua produtividade.

– Faça pausas, como se estivesse no escritório. O local pode ser sua casa, mas seu corpo segue cansando e pedindo um descanso.

– Use roupas confortáveis, porém adequadas. Não precisa usar salto ou terno e gravata. Mas apresentação é essencial para o seu bem-estar e ânimo. Vista-se para começar o dia, ok?

– Jamais trabalhe em mesa de jantar, bancadas de apoio ou sentado na cama: manter a sua postura faz bem para a saúde e bem-estar.

Fontes: *Pesquisa Home Office SAP Consultoria: http://sapconsultoria.com.br/pesquisa-home-office-brasil-2020/

*Setor de mobiliário – pesquisa IEMI 2020: http://www.iemi.com.br/mercado-de-moveis-e-colchoes-estimativas-e-comportamento-pos-pandemia/

Sobre o Senac EAD

Com mais de 70 anos de atuação em educação profissional, o Senac foi pioneiro no ensino a distância no Brasil. A primeira experiência nesta modalidade se deu em 1947 com a Universidade do Ar, em parceria com o Sesc, que ministrava cursos por meio do rádio.

A partir de 2013, com o lançamento do portal Senac EAD, a instituição ampliou a sua atuação em todo o país. Hoje, oferece um amplo portfólio de cursos livres, técnicos, de graduação, pós-graduação e extensão a distância, atendendo todo o Brasil e apoiados por mais de 350 polos presenciais para avaliações.

Acesse a programação completa de cursos do Senac EAD em http://www.ead.senac.br. Há também uma programação diversificada de cursos presenciais que pode ser conferida em http://www.senac.br/ .

Fonte: Aline Oliveira

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também