Em Ribas do Rio Pardo, Sebrae e Suzano apresentam programa Semear para empresários locais

Em evento realizado nesta quinta-feira (07) em Ribas do Rio Pardo, o Sebrae/MS e a empresa Suzano, acompanhados da Prefeitura Municipal, apresentaram o Programa Semear – Programa de Desenvolvimento e Capacitação de Micro e Pequenos Fornecedores para empresários do município e região. A iniciativa, que também é apoiada pelo Governo do Estado, irá capacitar gratuitamente mais de 160 micro e pequenas empresas de Água Clara, Campo Grande, Inocência, Ribas do Rio Pardo e Três Lagoas.

O objetivo é que os empresários possam se qualificar para fornecer bens e serviços para grandes empresas instaladas na região, a exemplo da Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto. Durante o evento, que reuniu cerca de 170 empresários, o empreendimento apresentou as oportunidades de negócios que serão geradas com as obras e após o início das operações da nova fábrica. “É um momento histórico que Ribas do Rio Pardo e o Estado de Mato Grosso do Sul estão vivendo. Tenho convicção que ao somarmos esforços, vamos converter todas essas ações em desenvolvimento econômico e, sobretudo, inclusão social”, destacou o gerente Executivo Industrial da Suzano, Leonardo Pimenta.

Agora, de acordo com o prefeito de Ribas do Rio Pardo, João Alfredo Danieze, a expectativa é que os empreendedores locais se capacitem para que possam aproveitar as oportunidades trazidas com os investimentos. “É fundamental esse apoio. O momento é de euforia, mas é importante que nossos empresários tenham uma visão empreendedora. A capacitação é decisiva para que se conquiste mais. Ter a parceria com o Sebrae e Suzano proporciona ainda mais chances para que nossos pequenos empresários identifiquem e aproveitem as boas oportunidades de negócios. Esse é o momento de aproveitar”, enfatizou.

Neste ano, o Sebrae apoia a realização do programa Semear com recursos do programa Propeq Dinamiza – uma parceria com o Governo do Estado, via Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), que visa acelerar a criação de um ambiente favorável para a geração de negócios, mediante a articulação de cadeias produtivas no Mato Grosso do Sul. O projeto é responsável pelo custeio de 70% de toda a ação.

Segundo o secretário da Semagro, Jaime Verruck, que também é vice-presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae/MS, é fundamental este apoio aos pequenos negócios da região. “Agradeço à Suzano por ter escolhido Mato Grosso do Sul para sua grande base de investimentos. Sempre trabalhamos com a Suzano para buscar fornecedores locais, isso para nós no Governo do Estado é importante, a empresa deve ter esse compromisso. Sabemos da necessidade da preparação e da qualificação desses fornecedores, e aqui está o Sebrae para isso. O que está acontecendo em Ribas do Rio Pardo interfere no mercado mundial”, reforçou.

O diretor-superintendente em exercício do Sebrae/MS, Tito Estanqueiro, acrescenta que a instituição apoiará a qualificação das micro e pequenas empresas locais, para que estejam prontas e possam ser incluídas no processo de desenvolvimento econômico. “Mato Grosso do Sul vive um momento ímpar com a chegada de grandes investimentos e os pequenos negócios do território precisam estar atentos para aproveitar as oportunidades e se tornarem protagonistas do desenvolvimento. O nosso sonho enquanto Sebrae é que a gente consiga qualificar, para que os pequenos negócios possam cada vez mais crescer e gerarem emprego e renda”, pontuou.

No evento, também esteve presente o presidente da Federação das Associações Empresariais do Mato Grosso do Sul (Faems), Alfredo Zamlutti, conselheiro do Sebrae/MS. Em sua fala, ele reforçou a orientação aos empresários, para que aproveitem o momento para se capacitarem, além de se engajarem nas entidades representativas. “Essas oportunidades passam uma vez na vida. O Sebrae transforma, possibilita a você obter coisas que nem imagina no seu negócio. Tem que procurar a Associação Comercial, fortalecer essa entidade e o Sebrae vem junto também. Se o comerciante soubesse a força que ele tem, ninguém segurava o setor de Comércio e Serviços”, disse.

Capacitações

As capacitações do programa Semear começam ainda em julho e serão realizadas presencialmente e a distância, de forma híbrida, com duração de seis a oito meses. Todos os empreendedores sairão certificados quanto às normas internacionais para atender grandes empresas e, ao final da formação, os participantes que tiverem bom desempenho receberão um selo especial da Suzano.

Lançado em 2020 e já tendo qualificado 170 empreendedores e empreendedoras dos estados da Bahia, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul e São Paulo, o objetivo do programa Semear é fomentar a sustentabilidade financeira da cadeia de suprimentos, com foco em micro e pequenas empresas das regiões onde a Suzano opera.

Oportunidades de Negócios

Na mesma data, o Sebrae/MS realizou a Rodada de Negócios Multissetorial, com o objetivo de proporcionar que micro e pequenas empresas apresentem produtos e serviços a grandes empresas. A iniciativa contou com a presença de empresas-âncoras como Suzano Papel e Celulose, Sicredi, Prefeitura de Ribas do Rio Pardo, Vetorial Siderúrgica, Enesa Engenharia, Arbogen Tecnologia Florestal e Innovatech Gestão e Serviços Agroflorestais.

A iniciativa do Sebrae reuniu cerca de 70 fornecedores, com expectativa de ter gerado R$ 85 milhões em negócios. Entre as cidades de Mato Grosso do Sul com empresas participantes na rodada de negócios, destacam-se Água Clara, Campo Grande, Ribas do Rio e Três Lagoas. Para os empresários que participaram da rodada de negócios, essa é uma oportunidade de gerar negócios, parcerias e acordos comerciais. É o caso da Natalia Garcia Vitor, da NS Soluções e Treinamentos, de Três Lagoas.

“O encontro empresarial permite que nós que somos pequenos empresários estejamos próximos às grandes empresas e consigamos fechar bons negócios, dando continuidade ao nosso trabalho que vem sendo desenvolvido durante muitos anos”, afirmou a empreendedora, que saiu da rodada com um negócio fechado com uma grande empresa.

Os encontros foram avaliados de forma positiva para quem passou pelo evento. Elisiane Matias Leite, da Box EPI’s de Ribas do Rio Pardo, avalia que a iniciativa gerou boas conexões. “O evento oferece muitas oportunidades para o desenvolvimento de negócios. Saímos com o objetivo de ampliar nosso mercado cumprido”, falou.

Mais informações aos empreendedores por meio da Central de Relacionamento do Sebrae, pelo telefone 0800 570 0800.

image slot

Previous slideNext slide

Facebook
Twitter
WhatsApp

Leia Também