Dose 2 da Coronavac acaba em Dourados e Prefeitura aguarda novo lote

Problemas na importação da matéria prima do imunizante prejudicaram produção da vacina, afirma SES
Ainda há doses do imunizante da Astrazeneca “Dose 1” disponíveis nas unidades de saúde. Foto: EBC

As doses do imunizante contra a Covid-19 “Coronavac” acabaram nesta terça-feira (27) em Dourados. Após grande procura na segunda-feira (26), havia apenas 200 doses para aplicação no CCI Andre Chamorro (Centro de Convivência do Idoso). A falta da vacina é causada pelo atraso no recebimento de insumos para a fabricação da vacina pelo instituto Butantan, de acordo com a SES (Secretaria de Estado de Saúde). Na última remessa enviada ao Ministério da Saúde, pelo Instituto Butantan, havia apenas 700 mil doses do imunizante para todo o país.

Ainda há doses do imunizante da Astrazeneca disponíveis nas unidades de saúde, porém o quantitativo também é limitado. Os idosos e profissionais da saúde que foram até o CCI nesta segunda-feira (26) para tomar a Dose 2 da Coronavac receberam senhas para conseguir a vacina.

Quando as 200 senhas foram distribuídas, os técnicos da Secretaria de Saúde do município avisaram as pessoas que não conseguiram uma senha que não haviam mais doses disponíveis.

O Ministério da Saúde e a Secretaria de Estado de Saúde não deram previsão para que uma nova remessa da Coronavac seja enviada a Dourados. Quando o novo lote de vacinas chegar, as pessoas que ficaram sem a Dose 2 terão prioridade na aplicação. Como em todas as outras etapas da vacinação, o número de vacinas é limitado.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também