Deputado volta a cobrar do governo medidas compensatórias para comerciantes e trabalhadores da iniciativa privada

O deputado Cabo Almi, líder da bancada do PT na Assembleia Legislativa, voltou hoje (15) à tribuna virtual para pedir agilidade ao governador Reinaldo Azambuja, em sua solicitação feita no dia 30 de março (protocolo 01024/2021) para atender de forma emergencial com medidas compensatórias de urgência para os segmentos produtivos e trabalhadores dos setores de comércio e prestação de serviços que estão passando por lamentável crise econômica e social, desde o início da pandemia provocada pelo coronavírus – Covid-19.

O documento formalizado junto a mesa diretora da Assembleia Legislativa, segue nos seguintes termos: ”Requeiro à Mesa Diretora, ouvido o Plenário, de acordo com as normas regimentais, para que seja encaminhado expediente deste Poder ao Senhor Reinaldo Azambuja, Governador do Estado de Mato Grosso do Sul, para requerer providências visando implementação imediata de MEDIDAS COMPENSATÓRIAS para o comércio e demais segmentos produtivos da economia (profissionais autônomos; agentes e produtores culturais; agricultores familiares; MEI; costureiras; cabeleireiros; barbeiros; manicures; esteticistas; artistas plásticos; trabalhadores da cadeia produtiva da pesca; trabalhadores por aplicativo; taxistas e outros trabalhadores, empreendedores e empreendimentos), que foram assolados pela pandemia e pelas medidas restritivas impostas para o enfrentamento da COVID-19”.

Finalmente, Cabo Almi assegura que, a necessidade das medidas compensatórias visando o restabelecimento da economia, já foi encaminhado ao governador sob o protocolo 01024/2021, da lavra deste parlamentar, no qual é proposto a elaboração de programa de renda mínima emergencial e linha de crédito para – ME, EPP, MEI, profissional autônomo, empreendedores, dentre outros, como medida de enfrentamento à crise econômica causada pela COVID-19, conclui o parlamentar.

Fonte: J.Silva

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também