Com repasse de recursos garantidos pela prefeitura de Itaquiraí, Hospital São Francisco contrata duas novas médicas

Após acompanhar a vacinação contra à Covid-19 no sábado (03), o prefeito Thalles Tomazelli, acompanhado do secretário municipal de Saúde, Luiz Carlos de Souza, esteve no HSF – Hospital São Francisco, para dar boas-vindas as novas médicas Dra. Nathalia Pires de Souza e Dra. Claudineia Machado de Souza, que irão compor o quadro dos profissionais da entidade.

Durante a visita, o prefeito e o secretário municipal de saúde, também conversaram com os funcionários do HSF, com o intuito de ficar a par dos atendimentos prestado à população. “É conhecendo a realidade que nós podemos intervir para melhorar a saúde da nossa cidade e sobretudo oferecer melhores condições de atendimento à população”, observa o chefe do executivo.

“Nossa gestão está se esforçado para atender aos anseios da população no que se refere a saúde pública. Já disponibilizamos uma nova médica para atender no complexo Santo Antônio e atendimento integral nos postos de saúde da zona urbana, temos projetos ambiciosos para melhorar ainda mais os atendimentos para a nossa gente. Estamos realizando estudos para a contratação de mais profissionais na área da saúde, buscando a cada dia suprir a falta de algumas especializações”, destaca o prefeito de Itaquiraí.

“É sabido que estamos em um novo momento nos atendimentos da saúde pública de nossa querida cidade. A administração do prefeito Thalles, está comprometida com o bem-estar da nossa gente e estará sempre de portas abertas para dar todo suporte possível aos novos profissionais, além de garantir condições dignas de trabalho para que possam exercer plenamente suas funções. Contamos com eles para que possamos garantir uma melhoria nas políticas públicas de Saúde”, afirmou o Secretário Municipal de Saúde.

“Aos novos profissionais, desejo boas vindas e me coloco a disposição no que for possível. Mas além disso, eu peço para que tratem com carinho a comunidade Itaquiraiense. Os pacientes já chegam doentes, fragilizados até o hospital, portanto, além do diagnóstico clínico, o paciente também precisa ser bem acolhido e receber um bom atendimento”, finalizou Thalles.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também