Batayporã amplia vacinação para idosos de 63 anos, pessoas com síndrome de down e Segurança Pública

Finalização do 11º lote permitirá que município alcance marca de 10% da população imunizada
Maicon Araújo

Com a chegada de mais 450 doses de imunizantes contra a Covid-19 em Batayporã, o município amplia a cobertura vacinal significativamente neste fim de semana. A partir deste sábado (3), idosos de 63 anos ou mais moradores da área urbana receberão as vacinas. Na segunda-feira (5), será a vez das pessoas com síndrome de down, profissionais de Segurança Pública e dos idosos moradores dos assentamentos.

Este é o 11º lote enviado pela Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul (SES-MS). Do total recebido, 430 vacinas são CoronaVac, das quais 160 doses já estão reservadas para segunda aplicação (D2) e 20 são AstraZeneca. A estratégia já foi organizada pelo município conforme o cronograma abaixo:

Sábado – 03/02
Local
: Escola Braz Sinigáglia.
Horário: 7h30 às 11h.
Aplicação de segunda dose (D2) e aplicação primeira dose (D1) em idosos de 63 anos ou mais das áreas de abrangência das Estratégia Saúde da Família (ESF) Santa Luzia e Anorinda Marcelino.
A partir das 11h:
Pacientes das ESF Santo Antônio e Sebastião Martins.

Segunda-feira (05/04):

Aplicação de D1 em idosos de 63 anos moradores dos assentamentos, profissionais de Segurança Pública e pessoas com síndrome de down.

O chamado será feito pelas agentes comunitárias de saúde (ACS) na área urbana e as vacinas serão ministradas em domicílio na zona rural.

Com a finalização do 11º lote, Batayporã terá atingido a marca de 1.243 pessoas vacinadas, o que representa pouco mais de 10% da população local. Segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2020, o município conta com aproximadamente 11.349 habitantes.

Solidariedade

O Governo Estadual lançou a campanha ‘1kg de alimento por vacina’, que estimula a doação de alimentos não perecíveis durante a campanha. O intuito é assistir às famílias que tem sofrido com a crise econômica ocasionada pela pandemia. A Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Secretaria de Assistência Social, pede para que a população que puder colaborar leve suas doações quando comparecer para vacinação. Vale destacar que o ato é voluntário e a aplicação do imunizante não está condicionada à contribuição.

Atualização cadastral

Pessoas que estão dentro dos critérios de público-alvo já atingido pela campanha e ainda não receberam a vacina devem comunicar à Secretaria Municipal de Saúde e realizar atualização cadastral. O procedimento ajuda a prevenir possíveis atrasos nas próximas etapas.

Para tanto, é necessário que o munícipe ou responsável compareça à sede da Secretaria – Rua Luiz Antônio da Silva, n. 400 – portando CPF, cartão SUS e comprovante de residência. Também é possível obter mais informações pelo telefone (67) 3443-2638.

Fonte: Ana Carla Barbosa

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também