Aquidauana e Mundo Novo abrem a terceira edição da Liga MS de Voleibol

A Liga MS de Voleibol 2023 vai começar. Aquidauana e Mundo Novo abrem, neste sábado (16), a terceira edição do campeonato, que terá a participação de 40 equipes (26 no masculino e 14 no feminino). A competição conta com apoio do Governo de Mato Grosso do Sul, por intermédio da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer) e Setescc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania).

Organizado pela FVMS (Federação de Voleibol de Mato Grosso do Sul), o certame terá 21 municípios representados. As equipes estão divididas em conferências regionais. A Região 1 (Noroeste) conta com Aquidauana, Corumbá, Ladário, Miranda e Sidrolândia. A Região 2 (Sul) tem Amambai, Mundo Novo e Sete Quedas e a 3 (Leste), Cassilândia, Paranaíba e Nova Andradina. Já a Região 4 (Centro-Sul) é composta por Dourados, Douradina, Glória de Dourados, Ivinhema e Vicentina.

As cidades de Antônio João, Bonito, Maracaju e Ponta Porã integram a Região 5 (Sudoeste). A Região 6 (Centro) é representada por Campo Grande, e reunirá os quatro melhores times, no masculino e feminino, dos Jogos Abertos de Campo Grande. Segundo o regulamento, os campeões regionais de cada gênero classificam-se para a fase final da Liga, programada para acontecer no início de dezembro, em local a ser definido.

Competição vai movimentar as duas cidades neste final de semana

A competição terá início em Aquidauana, neste sábado (16), a partir das 10 horas, com confrontos da Região 1. As partidas serão realizadas no Ginásio Poliesportivo José Campelo e seguem até domingo (17), quando acontecerão as disputas de título.

Já Mundo Novo sedia os duelos da Região 2. Os jogos ocorrerão no Ginásio de Esportes Antônio Alves Moreira (Moreirão), com abertura às 15 horas deste sábado (16). As próximas conferências já têm datas confirmadas pela FVMS: Regiões 3 e 4 (7 e 8 de outubro), e Regiões 5 e 6 (21 e 22 de outubro). Confira neste link a tabela completa de jogos.

Ao todo, serão 67 jogos até que se conheça o campeão, movimentando diversos ginásios pelo estado e milhares de pessoas que vão acompanhar de perto o melhor do voleibol sul-mato-grossense. Para esta edição da Liga MS, o investimento do Governo de Mato Grosso do Sul é de R$ 279,2 mil, recurso oriundo do FIE (Fundo de Investimentos Esportivos).

Lucas Castro – Fundesporte
Fotos: Renê Marcio Carneiro/PMC

Facebook
Twitter
WhatsApp

Leia Também