Deputada Rose Modesto indica o Hospital de Amor de Nova Andradina para o prêmio Dr. Pinotti.

Arquivo Pessoal/Reprodução

A deputada federal Rose Modesto indicou o Hospital de Prevenção de Nova Andradina, popularmente conhecido como Hospital de Amor, para concorrer ao “Prêmio Dr. Pinotti – Hospital Amigo da Mulher”, pelo importante trabalho realizado em Mato Grosso do Sul.

Trata-se de uma premiação nacional, promovida pela Câmara dos Deputados, para reconhecer e certificar as entidades governamentais e não governamentais cujos trabalhos ou ações merecem especial destaque pela promoção do acesso e pela qualificação dos serviços de Saúde da Mulher.

A solenidade de premiação acontecerá no dia 28 de maio, em alusão à data em que se comemora o Dia Mundial de Combate à Mortalidade Materna.

“Indiquei o Hospital de Nova Andradina porque conheço a estrutura e todo o trabalho ali realizado. O instituto conta com uma unidade fixa e outra móvel, totalmente equipadas, e atende uma média de 1.300 pacientes que antes tinham que se locomover até Barretos (SP) para realizar seus exames preventivos. O Hospital já foi premiado diversas vezes, inclusive internacionalmente, e é um orgulho para todos do estado” destaca Rose.

A unidade realiza em torno de 400 exames preventivos de papanicolau e cerca de 400 mamografias mensalmente, além de desenvolver diversos projetos que visam oferecer excelência e humanização na realização de exames preventivos gratuitos à população. Em outubro de 2020, o hospital usou as redes sociais para divulgar que 93% dos casos haviam sido diagnosticados precocemente.

O Dr. Ademar Capucci, diretor do hospital no estado, recebeu a notícia da indicação com muita alegria: “É maravilhoso saber que fomos indicados. Atendemos há 7 anos com muita dedicação e a Rose sabe disso. Nossa meta é que mais nenhuma vida seja perdida para o câncer de mama e de colo de útero. Sou muito grato à Rose não só pela indicação, que é uma forma de reconhecimento, mas também por todo o excelente trabalho que ela vem fazendo por nós na Câmara Federal”.

Com a pandemia, o sistema de saúde brasileiro enfrenta grandes dificuldades. A indicação para o prêmio vem em boa hora pois reforça que tanto o SUS quanto os profissionais de saúde, em especial os sul-mato-grossenses, sempre oferecem o melhor (e mais humanizado) atendimento, mesmo diante das mais diferentes adversidades.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também