Deputada Rose apresenta ofício a Ministério da Saúde reforçando pedido pelas vacinas da Janssen ao Estado

Reprodução

A deputada federal Rose Modesto protocolou nesta tarde, 10, no Ministério da Saúde, junto ao chefe de gabinete do Ministro, João Lopes Araújo Jr., ofício reiterando o pedido feito pelo Consems-MS (Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Mato Grosso do Sul) ao Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para enviar o lote com 3 milhões de doses da vacina contra Covid-19 da Janssen ao Estado.

Essa é a primeira remessa da vacina que virá para o Brasil e deve ser aplicado até 27 de junho. Sendo assim, o pedido tanto do Consems quanto da deputada, reforçam o necessidade de logística e gestão das doses para conseguir aplicá-las em tempo hábil.

“Mato Grosso do Sul vem contabilizando números recordes de novos casos e mortes em razão da Covid-19. A ocupação dos leitos de UTI também atingiu os patamares máximos. Pacientes estão sendo removidos para outras unidades da federação em razão da falta de leitos no estado. Todo esse cenário reforça a necessidade de uma atuação concentrada no processo de imunização da população do estado”, explica a parlamentar no ofício.

De acordo com Rose, o Estado tem se destacado na aplicação das vacinas, razão pela qual ocupa o primeiro lugar no ranking dos estados que mais vacinaram no país, sendo mais uma atribuição que ajudaria na aplicação da vacina da Janssen antes do vencimento da doses. “Somados a essa eficiência, a menor população e a igualmente menor densidade populacional do estado, temos um cenário que permitirá a imunização dentro da data prevista e o principal ponto, vacinar toda a população apta”, ressalta.

O ofício protocolado pela parlamentar, também contempla a possiblidade de se aplicar um estudo pioneiro no mundo, possibilitando um avanço para as pesquisas no enfrentamento à Covid-19, e descrito no ofício enviado pelo Consems ao Ministério.

Lote com 3 milhões da vacina da Janssen está previsto para chegar ao Brasil na próxima semana, com validade para o dia 27 de junho. O país terá de 10 a 14 dias para receber, distribuir e aplicar todas as doses. Sendo as doses destinadas a Mato Grosso do Sul, o objetivo é vacinar toda a população do Estado em 5 dias.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também