Campo Grande registra o mês de janeiro mais quente do século, diz meteorologista

Autor: Por Cláudia Gaigher

24.01.2019

Pelo segundo dia consecutivo, Campo Grande (MS) bate o recorde de calor para 2019, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, que registrou 37,5ºC às 16h desta quarta-feira (23). O recorde anterior era de 36,7°C registrado na terça (22). De acordo com o meteorologista Natálio Abraão, com as temperaturas registradas em 23 dias, "este mês de janeiro é o mais quente do século".

Com um medidor térmico, o meteorologista apontou que, em Campo Grande, às 14h, para quem estava ao sol e próximo ao asfalto, a temperatura que emanava do chão era de 50ºC. Dentro de um ônibus, no mesmo horário, a temperatura era de 40ºC. O meteorologista explica que o medidor registra a sensação térmica em diferentes locais.

Mato Grosso do Sul era a região mais quente do país até às 16h desta quarta, com a temperatura chegando aos 40,6 ºC em Três Lagoas. No dia 22, a maior temperatura do país também ocorreu em Mato Grosso do Sul, com 40ºC registrados em Aquidauana.

A previsão indica que o cenário de tempo quente, com pouca possibilidade de chuva continua nesta quinta-feira (24) em todo o estado. A temperatura cai um pouco e a chuva pode chegar de forma mais significativa no final de semana em todo o estado.

Fonte: G1/MS

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(67) 99968-0055

© 2019 Diário MS News. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: