Acadêmicos de Medicina são presos após alugarem carros com CNH falsa

Dono de locadora desconfiou da autenticidade de CNH; estudantes disseram que iriam levar veículo para fronteira

15.05.2019

Três acadêmicos de Medicina, residentes em Ponta Porã, foram presos na tarde de terça-feira em Campo Grande, depois que alugaram quatro veículos com documento falso. Eles confessaram que levariam os carros para fronteira e a Polícia Militar acredita que seriam usados em crimes na região.

O caso está sendo registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do centro de Campo Grande. A prisão foi feita por equipe da Força Tática do 1ºBPM.

Segundo informações da Polícia Militar, os três acadêmicos estudam em Pedro Juan Caballero. Com uso do mesmo documento falso, eles foram a várias locadoras de Campo Grande e alugaram quatro veículos – Onyx, Gol, Virtus e Renault Duster.

O dono de uma das locadoras, onde o Onyx foi alugado, desconfiou da autenticidade do documento, resolveu rastrear, bloquear o veículo e acionar a Polícia Militar.

Com dados do rastreamento, a equipe da Força Tática encontrou o veículo na Avenida Fábio Zahran, próximo da Salgado Filho. Os dois acadêmicos estavam sentados em um bar próximo. Os rapazes foram identificados como sendo Patrick Dioney Pereira de Moraes, 26 anos, e Emerson Mascarenhas Jr, 19 anos.

Comunicação – Enquanto o flagrante acontecia na avenida Fábio Zahran, o dono da locadora, por meio do WhatsApp, avisou outras locadoras de veículos o que havia ocorrido. Um deles identificou o nome do documento falso como sendo de homem que havia acabado de alugar um veículo Gol.

Eles entraram em contato com a PM. Na Avenida Fábio Zahran, enquanto conversavam com os acadêmicos, os militares viram o veículo Gol descrito pela locadora e fizeram abordagem. Na condução do veículo, estava outro acadêmico de Medicina: Sérgio Henrique da Silva Lima, 40 anos.

Segundo a PM, depois que o Onyx foi bloqueado, Sérgio resolveu alugar outro veículo, foi até uma locadora próxima e fez a locação do Gol.

Os três homens foram levados à Polícia Civil. Eles disseram que vieram a Campo Grande passar uns dias e resolveram pegar os carros. Depois, levariam para Ponta Porã, mas não esclareceram o motivo. Além do Onyx e do Gol, alugaram um Virtus e um Renault Duster. Os carros foram encontrados no estacionamento de posto de combustíveis da Capital.

Patrick disse à reportagem que eles compraram o documento no Paraguai e foi “baratinho”. Na CNH usada para locação, constam os dados de uma pessoa que, até onde se sabe, não tem qualquer envolvimento com o esquema, mas com a foto de Sérgio. Esse documento é timbrado, mas não tem marca d´água do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito).

A polícia acredita que há mais pessoas envolvidas no esquema, já que foram alugados quatro veículos e três pessoas foram detidas. Além disso, Emerson não tem habilitação.

Patrick e Emerson são do Pará e, Sergio, de MS. Os três foram presos em flagrante e vão responder por estelionato, associação criminosa e uso de documento falso. 

Fonte: Campo Grande News

Voltar ao Topo

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Envie sua notícia

(67) 99968-0055

© 2019 Diário MS News. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Livre reprodução, transmissão ou redistribuição dos conteúdos sem edição. Pede-se a citação do crédito.

Site desenvolvido por: