Surto de sarampo na Disney atinge mais de 50 pessoas

Um surto de sarampo entre os visitantes da Disneyland, no Condado de Orange County, na Califórnia, nos Estados Unidos, já atingiu 51 pessoas. Segundo autoridades de saúde, o surto de sarampo começou na Disneyland durante a temporada de férias, mas agora está se espalhando para pessoas que não estiveram no parque, pois os visitantes contaminados voltaram para suas cidades de origem.

De acordo com o site da NBC de Los Angeles, há casos que não estão relacionados com o parque da Disney. Houve registros da doença em outros condados da Califórnia, como San Diego, Los Angeles, Ventura, Riverside e San Bernardino. O surto também afetou outros três estados dos EUA e também no México.

As autoridades locais advertiram que as pessoas contaminadas não estão vacinadas contra a doença. Por isso, elas devem ser impedidas de frequentar escola ou creche para impedir a propagação da doença.

Segundo o Los Angeles Times, a vacina contra o sarampo foi introduzido em os EUA em 1963, e por mais de uma década, a doença tem sido considerada eliminada do Hemisfério Ocidental. A doença ainda tem sido um problema, pois podem ser trazidos por viajantes da Europa Ocidental e do Sudeste Asiático.

Nova vacina contra a meningite chega ao Brasil 

As autoridades de saúde alertam para o aumento de casos nos Estados Unidos, pois houve um crescente movimento anti-vacinação, com base em receios dos pais de que a vacina causa autismo — teoria que foi completamente desacreditada por numerosos estudos científicos.

O sarampo se espalha por meio de gotículas respiratórias que se espalhar pelo ar durante a tosse ou espirro. É possível pegar sarampo apenas por estar em uma sala junto por onde passou alguém contaminado. Entre os sintomas estão febre, olhos vermelhos e nariz escorrendo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também