Sem vereadores para comandar, Bernal completa um mês sem líder na Câmara

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), completou um mês desta segunda parte de gestão, mas ainda não anunciou o líder dele na Câmara. Com apenas cinco vereadores na base, Bernal foi aconselhado por um vereador a não indicar ninguém, visto que não tem muito a quem liderar.

O vereador Alex do PT era o mais cotado para assumir o posto de líder do prefeito, mas não fechou acordo do partido com Bernal. Sem Alex, Cazuza (PP) se tornou favorito, mas ainda não foi convidado por Bernal.

“Não conversamos sobre isso. Os vereadores falam do meu nome para o cargo, mas não é algo que tem que partir de mim. Isso é algo que tem que partir do prefeito. É ele que tem que escolher o líder dele na Câmara”, justificou.

Bernal não conseguiu ampliar a base na Câmara. Pelo contrário, perdeu o trio do PT. Alex, Thais Helena e Ayrton do PT já anunciaram que vão apoiar Bernal, mas não estão na base e têm liberdade para votar contra, caso julguem necessário.

Sem o PT, Bernal tem menos aliados do que quando foi cassado em 2013. Atualmente a base de Bernal é composta pelos vereadores Luiza Ribeiro (PPS), José Chadid (sem partido), Cazuza, Eduardo Cury (PTdoB) e Betinho (PRB).

Facebook
Twitter
WhatsApp

Leia Também