Secretaria da Juventude reinicia projeto junto à s Unei da Capital

A Unei Estrela do Amanhã recebeu nesta quinta-feira (22) a reabertura pela Secretaria municipal da Juventude (Semju) das atividades externas em 2015, proporcionando a continuidade ao projeto desenvolvido em dezembro do ano passado, com jovens carentes e em situação de cumprimento de medidas sócio-educativas nas Uneis (Unidade Educacional de Internação) de Campo Grande. Pioneira em todo o Estado, a Prefeitura Municipal, por meio da Semju, foi a primeira a desenvolver um trabalho sócio-educativo dentro das Unidades, visando humanizar a assistência prestada aos jovens em recuperação. Antes desse projeto, nenhum outro órgão público desenvolveu um projeto dentro das instituições com essa finalidade, ressalta a secretária da Juventude, Marineuza Nascimento.

Nesta primeira etapa será realizar a apresentação de vídeos motivacionais, palestras, uma roda de conversa (para adequar o projeto às reais necessidades do menor), seguida de um lanche para os internos, como foi definido na última quinta feira (15), em reunião com a nova Superintendente estadual das Uneis, Carmem Ligia Loureiro Carmelo. Ela recebeu a equipe da Semju para fechar os últimos detalhes e acrescentar novas diretrizes ao projeto, sendo definida a data imediata para reiniciar o projeto esse ano, com a Unei feminina Estrela do Amanhã, sendo a primeira Unidade a receber a ação da Secretaria Municipal.

A titular da Semju lembra que no ano passado, o projeto piloto atendeu a três das quatro Uneis na época natalina, como também ao Cetremi (Centro de Triagem do Migrante) e que já visava ampliá-lo. "Em 2015, além da Unei feminina Estrela do Amanhã, das Uneis masculinas Tuiuiú e Novo Caminho, a etapa inclui a Unei Dom Bosco, a mais numerosa de todas e que passou por uma adequação para que o projeto possa ser implantado. O objetivo é fazer com os jovens não se esqueçam de que todo dia é uma nova oportunidade de recomeçar a reescrever uma nova história, a que a secretaria está a disposição para apoiá-los no que for necessário”, explicou Marineuza.

A secretária também resaltou que essa ação veio atender às exigências feitas pelo prefeito Gilmar Olarte em humanizar as relações de serviços prestados pela administração municipal na assistência aos jovens da Capital, em especial nesta de recuperação, que pode influenciar no futuro do município. "Queremos proporcionar, contribuir com as instituições, aos jovens reclusos com uma atividade para despertar ambições de mudanças em seu comportamento futuro quando os mesmos forem reinseridos na sociedade", avaliou.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também