PSB rejeita Ayache como candidato a vice na chapa de Rose Modesto

O nome do médico Ricardo Ayache tem sido um dos mais cotados pelo PSDB para ser vice na chapa da vice-governadora Rose Modesto, mas a deputada federal Tereza Cristina, presidente estadual do PSB, reafirmou nesta sexta (27), que "Ricardo Ayache não será candidato a nada nas eleições municipais deste ano". A informação foi confirmada em nota divulgada pelo partido hoje. A deputada garante também que "isso não passa de boatos". 

Reunião política que aconteceu na quarta-feira (25) com representantes do PMDB e PR, definiu que os nomes para disputa da prefeitura de Campo Grande nas eleições 2016 serão acertados no dia 1º de junho. "Os postulantes à vaga são a deputada federal Tereza Cristina (PSB), o deputado estadual Marcio Fernandes (PMDB) e o empresário e presidente da Fiems, Sérgio Longen (PR)", informou a nota.

“Independentemente do nome escolhido, já ficou definido que os outros dois darão total apoio no pleito deste ano e, portanto, não faria sentido lançar o nome do Ayache para compor a chapa de um partido adversário”, declarou Tereza Cristina. "Em hipótese alguma, o PSB trabalha com outra alternativa que não seja apoiar a decisão soberana do grupo político formado com PMDB e PR", analisou a deputada.

“Após as discussões de quarta-feira, ficou acertada a construção desse grupo político formado pelos quatro partidos com foco nas eleições municipais na Capital e o nome do ‘ungido’ será anunciado. A escolha do pré-candidato terá de obedecer alguns critérios, como estar bem colocado nas pesquisas de opinião pública, estar disponível para participar da corrida eleitoral e o que tem para oferecer na campanha, que precisará de uma estrutura partidária forte”, declarou o presidente estadual do PMDB, deputado estadual Junior Mochi. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também