Prefeito abre curso a 235 agentes da GM ressaltando parceria e resultados com PM

O prefeito Gilmar Olarte, acompanhado do titular da Secretária Municipal de Segurança Pública, Valério Azambuja, e do comandante da PM-MS (Polícia Militar de Mato Grosso do Sul), coronel QOPM Deusdete de Oliveria, abriu na manhã desta segunda feira (23), o curso  de capacitação “emprego de equipamentos não letais” da 1ª turma de 235 agentes da Guarda Civil Municipal aptos a portarem armas. O curso que será feito em parceria e ministrado pelo CFAP (Centro de Ensino e Formação da PM-MS), tem a formação promovida pela Prefeitura, para proporcionar o adequado conhecimento sobre a utilização dos equipamentos, empregados na defesa da integridade física pessoal e de terceiros. 

Para o prefeito, o curso é mais um avanço para a área segurança pública, trabalhada pela Guarda Municipal, por meio desta e outras ações integradas com as policias constituídas, PM e PC (Polícia Civil), a GM e Agetran, como a conquista no Carnaval 2015, que fez índices de violência cairem 50% ante aos números dos anos anteriores. O chefe do executivo municipal ressaltou o significado da formação na teoria e na prática, com apoio da PM, que é a maior referencia de nosso município, sendo a instituição mais graduada e antiga do Estado. “Devemos todo o respeito, consideração de 176 anos de serviços prestados e atendimento eficiente e eficaz a toda população sem distinção. Por isso, é uma honra e a escolhemos, não por acaso, para formar plenamente nossos agentes, para termos os resultados planejados e sonhados ao nosso projeto de uma gloriosa, eficiente e eficaz Guarda Civil Municipal. Na prática, o curso proporcionará fincarmos a consciência que o empoderamento da farda ou de uma posição que remete a ser militar, a arma, não nos dá o direito de sair e fazer acontecer como grupo e muito menos individualmente. Como instituição e servidor investido nesta função, a cada dia traz mais responsabilidade e um dever de equilíbrio pessoal e coletivo”, declarou Olarte. 

O titular da Semsp, Valério Azambuja, apresentou a corporação e o material exaltando o começo da caminhada, com planejamento. “Esta é mais uma etapa que, como toda a corporação, passa por arrumar a casa e nos cursos de formação e capacitação, dar ferramentas necessárias para cada um desenvolver sua função no estrito cumprimento do dever legal, amparado em lei, obedecendo às recomendações sobre o uso legal e progressivo da força, segundo o ordenamento jurídico vigente e os tratados internacionais em que o Brasil for signatário. Cada formação é também um aprendizado continuo, no desenvolvimento funcional. Precisamos usar ou ter um mantra em que devemos capacitar, capacitar e capacitar, para que possamos dar a população e a nossa Capital bons serviços prestados”, avaliou.

O coronel QOPM Deusdete Oliveira apontou que a Prefeitura de Campo Grande demonstra a grandeza de uma administração, que tem como objetivo e quer também participar da Segurança Pública de seus munícipes, em seus diversos níveis, dentro de sua finalidade e posição. “Todos os entes da Federação ou todas as esferas de administração, têm seu papel no trabalho de assegurar cidadania e tranquilidade que o cidadão necessita no seu dia-a-dia. Com integração das forças de segurança, a GM tem contribuído de forma consistente e consciente, e vem a cada dia se aperfeiçoar para fazer a diferença. E, para isto, a GM caminha na boa prática de ressaltarmos que não é a farda, uma arma que nos faz diferente, mas nossa capacidade e capacitação formal e diária, como vai iniciar hoje. Sejam todos bem-vindos, entrem sempre no CEFAP, usem, voltem muitas vezes para, juntos, termos um trabalho efetivo”, argumentou.

Integração com resultados na prática

O prefeito aconselhou aos guardas em formação que se lembrem do papel de integração com as policias constituídas e de que, acima de tudo, o forte é aquele que tem o equilíbrio para poder controlar a sua situação e o serviço a ser executado a cada momento. “Cada ação, cada decisão deve ser calcada em dois alicerces: a eficiência e eficácia. Nada resiste à dedicação pessoal e de cidadania com o próximo, vendo como cidadão e irmão a receber uma contribuição. Ao integrarmos as forças de segurança com harmonia e parceria, teremos resultados positivos.como tivemos recentemente em uma grande demanda no Carnaval, onde trabalhando com planejamento e em conjunto, conseguimos 50% de queda nos indicadores de violência, em todos os âmbitos, ante ao mesmo período dos anos anteriores. Seja nas áreas de festa, como em qualquer area da cidade, os delito e crimes que se acentuam nesta época, cairam pela metada em comparação com ano passado e anos anteriores, de acordo com balanço das operações. Além do trabalho de cada força, isto mostra o resultado da parceria, respeito e integração que buscamos sempre ter", avaliou.

Para finalizar, o prefeito agradeceu ao comandante da PM-MS, a oportunidade do trabalho. “Temos que exaltar a oportunidade para podermos evoluir, transformar nossa realidade, tanto da corporação da GM, como da sociedade campo-grandense, por meio de nossa união, na soma da parceria pelo desenvolvimento e segurança de nosso município. Este curso do emprego de equipamento não letal parece pouco, mas para nós é mais um degrau na composição deste trabalho e de uma projeção para um futuro gandioso e glorioso como o construído e vivido por nossa PM-MS”, enfatizou.

Comitiva

Acompanharam a cerimônia, o comandante do Policiamento Metropolitano da PM em Campo Grande, Franciso Ovelar; Claudio Roberto Monteiro Ayres, comandante do CFAT; Renato Toletino Avelar; e delegado titular da PC – 7º distrito, Paulo Sá.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também