PPS rompeu com Nelsinho em 2012 e agora com Bernal

O atual titular da Sectei (Secretaria de Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação), Athayde Neri, pré-candidato do PPS à Prefeitura da Capital, pode disputar com a vice-governadora Rose Modesto (PSDB), o apoio do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) nas eleições deste ano.

“Não posso abdicar do partido ter vocação para o poder”, afirmou Athayde durante agenda pública ao lado do governador na manhã deste domingo (15). O secretário afirmou que sua pré-candidatura é em prol da legenda, e que isso o tira de uma ‘zona de conforto’ na Sectei.

Em 2012, Athayde Nery, então vereador em Campo Grande, desistiu da reeleição e lançou pré-candidatura própria do PPS, rompendo com o ex-prefeito Nelsinho Trad (PTB).

O atual pré-candidato do PPS à sucessão de Alcides Bernal (PP) nega que sua candidatura possa prejudicar a aliança estadual com o PSDB. “Não vamos ter um rompimento com o Reinaldo, que é uma pessoa altamente democrática”, garante.

Apesar da intenção do PPS em comandar a Prefeitura de Campo Grande, Athayde revelou que pretende se reunir com o governador até o dia 3 de junho, quando o vence o prazo para sua descompatibilização do governo, para tentar apoio de Reinaldo no pleito de outubro. 

Fonte: Midiamax e Top Midia News

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também