PPS de Athayde e de Luiza Ribeiro quer a cadeira de Bernal

O atual secretário de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação de Mato Grosso do Sul, Athayde Nery, do PPS, afirmou que o fato do partido anunciar a sua pré-candidatura evitou que a sigla tivesse que fazer uma escolha nessas eleições. O problema é que há duas correntes diferentes dentro do partido, que se dividem entre a pré-candidata e vice-governadora Rose Modesto, do PSDB, e o atual prefeito Alcides Bernal, do PP, que nega ser candidato a reeleição na Capital.
 
Athayde afirmou à reportagem que a decisão do partido evita um racha interno. "Um lançamento de uma pré-candidatura preserva o PPS de fazer uma escolha. Tira o partido da dicotomia Rose ou Bernal".
 
Porém, Athayde ainda explicou que a questão sobre a possível escolha entre Alcides Bernal ou Rose Modesto tem quer ser discutida dentro do partido. "Temos que conversar com todo mundo, vou conversar com o governador Reinaldo e com a Rose, mas acredito que tudo é uma questão de ponto de vista".
 
Apesar de integrar a base do governo, o anúncio da sua pré-candidatura de Athayde pegou o atual governador Reinaldo Azambuja, do PSDB, de surpresa. "No primeiro momento, não havia a questão de sair candidato. Mas eu também tenho que ouvir o meu partido que diverge em alguns momento sobre algumas questões".
 
O atual secretário Cultura ainda disse que o PPS continuará sendo aliados do PSDB. "Somos partidos diferentes, temos algumas questões que nos diferencia e se fosse igual, eu teria ido para o PSDB. Mas o fato de sair candidato, não significa que estou rompendo com o governo e acredito que posso até ser um candidato do governo também. Afinal, faço parte deste governo".
 
A reportagem conversou com Reinaldo Azambuja, sobre Athayde ser pré-candidato a prefeitura de Campo Grande. Ao TopMídiaNews, Reinaldo apenas se limitou a dizer que: "todos os partidos têm o direito de colocar o nome a disposição". No passado, Athayde compôs chapa com Reinaldo sendo vice na disputa pela prefeitura de Campo Grande, porém, Alcides Bernal levou a melhor e foi eleito prefeito da Capital.
 
Saída do governo
Athayde ainda explicou que nos próximos 15 dias irá trabalhar para construir a sua plataforma de governo. O secretário aposta em um plano semelhante a um projeto que foi construído na eleição em 2012, época em que foi vice de Reinaldo.
 
"Naquela eleição, construímos um projeto tríplice que era a questão da república, do planejamento e da questão da participação.  Esse projeto encantou a população sul-mato-grossense e foi chamada de Governança Democrática", comentou.
 
À reportagem, o secretário disse que deixa a Secretária de Cultura até o dia 3 de junho, prazo final que pode permanecer a frente da pasta, antes de disputar às eleições de 2016.
 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Leia Também